Chefe da McLaren mostra surpresa com “ritmo impressionante” da Ferrari em Portimão

A McLaren percebeu um avanço da Ferrari no GP de Portugal, especialmente com Charles Leclerc e agora teme que a rival entre na briga pelo terceiro lugar no Mundial de Construtores. Andreas Seidl, o chefe da equipe, no entanto, ainda não sabe se é uma reação definitiva ou apenas fogo de palha

O bom rendimento da Ferrari ao longo do fim de semana do GP de Portugal fez a McLaren ligar o sinal amarelo. Em Portimão, Charles Leclerc largou e terminou a corrida na quarta posição, na frente dos dois carros da equipe de Woking – Carlos Sainz foi o sexto e Lando Norris apenas o 13º.

Com o bom resultado na etapa portuguesa, a Ferrari ficou a 33 pontos da terceira posição no campeonato de construtores, atualmente ocupada pela Racing Point. McLaren e Renault ainda estão na briga pelo posto na tabela. Andreas Seidl, chefe de equipe da McLaren, analisou o fim de semana em Portimão.

“É óbvio que Charles [Leclerc] fez uma corrida impressionante também no ritmo. Na Ferrari, conseguiram manter um ritmo de corrida impressionante com os pneus médios e duros, algo que ninguém mais conseguiu alcançar, pelo menos no pelotão intermediário”, disse Seidl ao site GPFans.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

Andreas Seidl ficou de olho no bom ritmo da Ferrari no GP de Portugal (Foto: McLaren)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Vai ser interessante ver se foi uma corrida isolado ou se na realidade resolveram os problemas. Vamos ver se solucionaram os problemas que vimos em corridas anteriores, onde também fizeram boa classificação, mas depois eram lentos na corrida e com muito desgaste dos pneus”, acrescentou o dirigente alemão.

Após o GP de Portugal, a Racing Point ocupa a terceira posição do Mundial de Construtores, com 126 pontos. A McLaren tem 124, seguida por Renault com 120 e Ferrari com 93. Ainda restam cinco etapas para o encerramento da temporada 2020 da Fórmula 1 – Emília-Romanha, Turquia, duas corridas no Bahrein e Abu Dhabi.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube