Chefe da Mercedes aponta Red Bull como “equipe a ser batida” no GP de Mônaco

Em meio a disputa ferrenha entre Mercedes e Red Bull pelo título mundial de 2021 na Fórmula 1, Toto Wolff apontou a rival como a favorita no fim de semana do GP de Mônaco

Lendas como Senna, Schumacher e Prost: personagens clássicos do F1 2021 (Vídeo: Codemasters)

Às vésperas do GP de Mônaco, que acontece no próximo domingo (23), o chefe de equipe da Mercedes, Toto Wolff, já fez sua análise pré-corrida e apontou a Red Bull, grande adversária da equipe anglo-alemã na briga pelo título de 2021, como a “equipe a ser batida” na pista de Monte Carlo. Além disso, o dirigente austríaco celebrou a volta de uma das mais clássicas provas ao calendário da Fórmula 1, que retorna após ser cancelado no último ano pela primeira vez em 66 anos, por conta da pandemia de Covid-19.

Em entrevista ao site Motorsport Week, Wolff apontou o alto índice de downforce como grande aliado do RB16B. Segundo o austríaco, o fator se encaixa como um trunfo para os taurinos nas ruas do principado. E o bom desempenho apresentado no último setor da pista de Barcelona, que se assemelha ao traçado de Monte Carlo, corrobora sua opinião.

Com homenagem a Niki Lauda, a Mercedes venceu o GP de Mônaco de 2019 com Lewis Hamilton (Foto: Mercedes)

“Não tem corrida como ela, e sua ausência foi duramente sentida no último ano. Mal podemos esperar para voltar à ação nas ruas de Monte Carlo. É muito único, um fim de semana intenso para os pilotos e equipes, sem margem de erro. Isso nos coloca sob pressão, e amamos o desafio”, declarou.

“Mônaco é uma pista com alto downforce e sabemos que isso é estratégia-chave para a Red Bull. Eles foram muito rápidos no setor 3 na Espanha, e isso é uma boa indicação da performance forte em Mônaco”, seguiu.

“Então, chegamos ao fim de semana sabendo que eles são a equipe a ser batida, embora também saiba que enfrentaremos forte concorrência de algumas outras equipes. Mas, como na temporada até aqui, estamos gostando da disputa”, concluiu o chefe da Mercedes.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Na esteira das falas de seu chefe de equipe, Valtteri Bottas, piloto da Mercedes, analisou o circuito monegasco e apontou as dificuldades para um piloto guiar em uma pista tão única, que em razão do seu traçado estreito e sinuoso, não permite erros e não apresenta trechos mais longos de reta, onde os pilotos podem ‘descansar’.

“Para mim, pessoalmente, em termos de trabalho para o piloto, Mônaco é a pista mais difícil, pois não tem tempo para descanso. É literalmente curva atrás de curva, e até mesmo as retas não são muito retas, você sempre está fazendo alguma curva, mesmo que seja sutil”, disse.

“A reta principal é o maior, se não for o único, ponto de respiro que o piloto tem, e mesmo assim é muito rápido em um carro de Fórmula 1! Definitivamente, é um desafio”, concluiu Bottas.

Fórmula 1 volta a acelerar neste fim de semana com o GP de Mônaco, o quinto da temporada 2021. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar