Chefe da Mercedes declara apoio a Vettel: “Precisava de mudança de cenário”

A torcida para que Sebastian Vettel se dê bem na Aston Martin vai até para os rivais: Toto Wolff, que comanda a Mercedes, é um dos que esperam um alemão voltando aos bons tempos

Não são muitos os pilotos odiados no grid da Fórmula 1, aqueles rejeitados pela maioria, declaradamente cheios de rivais. Mas também são poucos os que têm o apoio de praticamente todos os outros membros do circo, que têm a torcida até mesmo de quem não veste suas cores. Sebastian Vettel se encaixa nessa segunda opção.

Os anos de crise na Ferrari fazem com que o usualmente simpático Vettel ganhe apoio para andar bem na Aston Martin até mesmo na Mercedes, teoricamente a menos interessada na recuperação do alemão, já que manda no Mundial na atualidade. Toto Wolff, o chefe, não se importa.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Sebastian Vettel moldou assento na Aston Martin (Foto: Reprodução/Aston Martin)

“Eu torço para que ele já comece bem. Sebastian precisava de uma cosia acima de tudo: uma mudança de cenário”, declarou Wolff ao canal RTL, da Alemanha.

E Vettel assim o fez: inclusive, apareceu como piloto da Aston Martin pela primeira nesta nesta semana, na última quarta-feira (27), quando fez o molde do assento e conheceu as instalações da equipe.

“Se você entra mais e mais em uma espiral negativa dentro da sua equipe, então você precisa de uma mudança. E é o que ele fez. Não acho que ele não entregou o que podia (na Ferrari), mas as condições, em geral, foram piorando e piorando. Por isso espero muito de Sebastian”, completou Wolff.

O próprio Vettel concorda com o raciocínio do dirigente: uma semana antes, revelou que sequer tentou convencer a Ferrari de que não deveria dispensá-lo.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube