Chefe da Mercedes diz que vantagem para rivais aumentou e justifica: “Mudaram o foco para 2017 antes de nós”

Toto Wolff entende que a Mercedes vem conseguindo trabalhar bem tanto com a evolução do W07 Hybrid ao mesmo tempo em que vai desenvolvendo o carro do ano que vem. Na visão do dirigente austríaco, a vantagem maior perante as rivais Ferrari e Red Bull é porque as adversárias já estão trabalhando focadas no carro do ano que vem

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A F1 abre neste fim de semana, em Spa-Francorchamps, a segunda parte da temporada 2016. Mas o cenário atual indica que há poucas possibilidades de a Mercedes perder seu posto de primeira força na F1. Ainda que a Red Bull tenha passado a Ferrari na luta pelo vice do Mundial de Construtores e tenha diminuído um pouco a diferença para a equipe prateada, nada parece evidenciar uma chance real de briga por vitórias para os taurinos.
 
Na visão de Toto Wolff, chefe de equipe da Mercedes, rivais como Ferrari e a Red Bull já mudaram totalmente o foco para 2017, de modo que o austríaco considera improvável ver sua equipe perder o posto de suprema da F1 neste ano.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Toto Wolff diz que a Mercedes está bem à frente porque rivais já focam totalmente em 2017 (Foto: Getty Images)
Tudo, no fim das contas, é o resultado do bom trabalho feito pela equipe em Brackley para se manter no topo do esporte. Mesmo considerando que as outras equipes focaram antes nos trabalhos para 2017, o chefe da Mercedes não acredita em grandes problemas para o ano que vem.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Estou muito contente pela forma como a maioria das peças de desenvolvimento que instalamos no carro se correlacionaram com nossos cálculos no túnel de vento e nas simulações. E acredito que temos uma boa gestão de desenvolvimento, equilibramos o desenvolvimento para 2017 com o de 2016”, comentou Wolff em entrevista à revista britânica ‘Autosport’.

 
“Que a vantagem parece ter aumentado agora é um indício de que talvez os outros possam ter mudado o foco para 2017 um pouco antes que nós, mas acho que isso se deve ao desenvolvimento que nós realizamos dentro da equipe e, obviamente, no ano que vem vamos demonstrar isso”, complementou o austríaco.
PADDOCK GP #43 DEBATE INDY E MOTOGP E FAZ PRÉVIA DA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube