F1

Chefe da Mercedes rasga elogios a Leclerc após corrida no Bahrein: “Um campeão mundial em formação”

Em entrevista ao site oficial da F1, Toto Wolff elogiou a performance de Charles Leclerc durante o GP do Bahrein. Segundo o chefe da Mercedes, o monegasco da Ferrari é um campeão mundial de formação, que combina habilidade, personalidade e controle de emoções dentro da pista. Leclerc foi terceiro colocado no Bahrein após problema de motor

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
A atuação de Charles Leclerc no GP do Bahrein ainda está dando o que falar. O jovem monegasco da Ferrari anotou a primeira pole-position da carreira e tinha uma vitória encaminhada até sofrer com problemas de motor e terminar no terceiro lugar, atrás da dupla da Mercedes, formada por Lewis Hamilton e Valtteri Bottas. Chefe do time alemão, Toto Wolff rasgou elogios ao jovem piloto.

Em entrevista ao site oficial da F1, Wolff comentou sobre as habilidades demonstradas pelo piloto monegasco no último domingo, e que a combinação mostrada por ele na pista é suficiente para que ele ganhe o título mundial no futuro.

"No Leclerc, eu vejo um jovem campeão mundial em formação. Ele foi o vencedor moral no domingo. Ele foi o homem mais rápido e com o carro mais rápido. Ele viu todo o lado cruel do automobilismo, e sorte a nossa. Ele tem boa personalidade, é um jovem humilde e muito rápido. A combinação entre velocidade, personalidade e controle de emoções é um grande ingrediente", declarou o chefão da Mercedes.
Lewis Hamilton e Charles Leclerc (Foto: Beto Issa)
O chefe de equipe da Mercedes também elogiou a postura de Leclerc após a corrida. O dirigente austríaco cita que vários pilotos ficariam nervosos com a situação e demonstrariam a insatisfação após perder uma etapa praticamente ganha, atitude diferente da que foi mostrada pelo ferrarista após a corrida.
 
"Eu sei que muitos outros pilotos tem um 'leão' em si, do mesmo jeito que ele tem, teriam reagido de forma muito mais controversa sobre o terceiro lugar, estariam bravos e demonstrariam disso. Você não vê nada disso com o Charles", citou.

Com apenas 21 anos de idade e 22 largadas pela Fórmula 1, Leclerc já é considerado como uma ameaça à hegemonia da Mercedes na opinião de Wolff. 
 
"Sempre esperaremos ele como uma ameaça. Ele está em um ótimo carro, tem habilidades e caráter para ter muito sucesso. É um desafio que gosto, e tenho certeza que Valtteri e Lewis irão gostar também", concluiu.