F1

Chefe da Mercedes ressalta melhora de Bottas em 2018 e cita “enorme contribuição” para campeonato

Valtteri Bottas foi peça essencial para as conquistas da Mercedes em 2018. De acordo com Toto Wolff, o finlandês contou com grande falta de sorte no campeonato, mas mostrou grande desempenho e foi enorme contribuição para a equipe
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Valtteri Bottas (Foto: AFP)

O desfecho de 2018 foi o melhor possível para a Mercedes com o título de Lewis Hamilton e o penta no Mundial de Construtores. Deixando transparecer toda a felicidade, Toto Wolff aproveitou para elogiar e agradecer o trabalho feito por Valtteri Bottas, dizendo ter sido essencial para a conquista.
 
A campanha apresentada pelo finlandês neste ano não tem sido das mais positivas. Enquanto em 2017 subiu três vezes no degrau mais alto do pódio, neste campeonato ainda não se encontrou com a vitória. Apesar disso, teve seu contrato renovado ainda em julho.
 
Mas isso não parece ser um grande problema dentro da Mercedes, já que Toto ressaltou a importância do papel do #77 nas conquistas de 2018. “Valtteri teve um ano mais complicado do que Lewis”, falou.
Valtteri Bottas e Lewis Hamilton (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
“Mas melhorou muito seu desempenho durante o ano e teve um papel fundamental no sucesso do campeonato. Cinco títulos consecutivos, estou imensamente orgulhoso dessa incrível conquista”, continuou.

“A contribuição de Valtteri foi enorme. Até o incidente em Baku, onde perdeu 25 pontos, ele estava diretamente na briga pelo campeonato”, seguiu. “Desde então, tudo foi contra ele, e ele manteve sua dignidade e exerceu um grande papel em apoiar a equipe sem perder seu status de piloto, e um piloto que pode vencer. Ele vai voltar forte no próximo ano e vai dar trabalho a Lewis e aos outros”, completou.
 
James Allison, diretor-técnico da equipe, aproveitou também para elogiar Valtteri. “Somos muito sortudos com a dupla de pilotos que temos. Valtteri teve muita má sorte no início do ano quando deveria conseguir algumas vitórias. Não teve o mesmo sucesso que Lewis”, comentou.
 
“Valtteri tem sido mais forte neste ano do que foi no ano passado, tem sido um companheiro de equipe brilhante para todos nós e um enorme piloto”, encerrou.