Chefe da Red Bull alerta para potencial de “astuto” Button: “É um piloto que não subestimamos”

Christian Horner revelou que Jenson Button chegou a procurar a Toro Rosso na época em que seu futuro na F1 tornou-se incerto. O dirigente destacou o potencial do piloto britânico e o colocou na lista dos candidatos ao título mundial de 2013

A Red Bull terá grandes adversários na luta pelo quarto título mundial consecutivo na F1. Além da Ferrari de Fernando Alonso e Felipe Massa, da Lotus de Kimi Räikkönen e da ascendente Mercedes, de Lewis Hamilton e Nico Rosberg, há outro nome que pode, na visão de Christian Horner, complicar a missão dos taurinos em 2013: Jenson Button.

O comandante da Red Bull entende que Button é um piloto que não pode ser subestimado. Sem a sombra de Hamilton, Jenson agora tem a chance de liderar a McLaren e isso pode, na opinião de Horner, ser um fator que pode elevar ainda mais o potencial do britânico neste ano.

Horner demonstrou respeito por Jenson Button e o apontou como um dos favoritos ao título (Foto: McLaren)

“A McLaren parecia trabalhar quase que exclusivamente para Lewis, mas Jenson foi o piloto, sobretudo em 2011, que esteve mais em alta. Eles pareciam mais iguais no ano passado”, declarou Horner em entrevista ao diário britânico ‘The Guardian’.

O dirigente não conteve as palavras para elogiar Button. “Jenson é muito astuto. Ele sabia que, talvez, se comparado com Lewis, não tem tanto ritmo, mas que poderia competir e inclusive batê-lo usando outros talentos. Este ano vai ser muito interessante ver o que acontece, já que ele é quem vai liderar a equipe”, destacou.

Horner também lembrou que Button, por muito pouco, não chegou a defender as cores da Red Bull por meio da coirmã Toro Rosso. Ainda em 2008, ano em que a Honda deixou a F1 e colocou em xeque seu futuro na F1, o piloto britânico esteve em Faenza para buscar uma vaga, mas acabou fechando com a equipe de Ross Brawn e tudo mudou, sendo campeão do mundo no ano seguinte.

“Button não sabia se teria um carro em 2009. No inverno de 2008, Button veio à Toro Rosso perguntando se havia um volante livre para ele”, comentou o chefe da Red Bull.

Por fim, Horner disse que Button é, definitivamente, um dos candidatos ao título de 2013. “Jenson é um piloto que não subestimamos. Se ele tem um carro que se adapte melhor às suas necessidades, não há razão pela qual não possa ser campeão do mundo”, finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube