Chefe da Red Bull defende grid invertido e vê “oportunidade ideal para teste”

Para Christian Horner, a Fórmula 1 tem em 2020 a chance de testar ao menos uma mudança em seu formato - e o grid invertido se coloca como algo possível

A Fórmula 1 ainda discute o formato de suas corridas para a temporada 2020, ainda não iniciada em razão da pandemia do novo coronavírus. Há, por exemplo, discussões de que as etapas que devem ser realizadas no mesmo local, como Áustria e Inglaterra, tenham grid invertido para a classificação para a segunda prova.

Se Mercedes e Racing Point se posicionam contra até o momento, há quem defenda tal regra abertamente: a Red Bull, por meio de Christian Horner, seu comandante.

Ao ‘Motorsport’, o dirigente comentou que a F1 não terá uma “oportunidade melhor” para realizar tal teste – que consiste em disputar tal corrida classificatória com grid de largada invertido em relação à classificação momentânea do Mundial, com o líder largando em último, e o ‘lanterna’ na pole.

“O problema é repetir o formado no mesmo local, o resultado vai ser similar. Acho que temos a oportunidade ideal para tentar algo diferente. E se ficar claro o que faremos desde o começo do campeonato, sem mudanças durante, não teremos problemas. “

“Infelizmente um time ficou contra essa ideia. Seria uma pena perder essa oportunidade”, continuou Horner, cutucando a Mercedes.

Christian Horner quer o grid invertido em testes neste 2020 (Foto: AP)

Para o dirigente, a equipe alemã tem medo de sair em último e perder sua vantagem, mas vê a própria Red Bull como exemplo de que todos abrião mão de algo.

“Vencemos as duas corridas recentes na Áustria. Então potencialmente temos algo a perder, também.”

Paddockast #63 | COMO JORDAN, QUEM MERECE DOCUMENTÁRIO SOBRE O ADEUS?
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

“Acho que será positivo para a F1. Não teremos oportunidade melhor para estarmos duas semanas consecutivas no mesmo autódromo, tentando algo diferente.”

“Não vejo o apelo em correr duas provas idênticas em seguida. Um formato diferente traria esse apelo, seria mais atrativo. Espero que a Mercedes apoie essa ideia ao final de tudo. É o mesmo desafio para todos os pilotos e para todas as equipes”, concluiu Horner.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube