Chefe da Red Bull desaprova regras de 2014 e diz que mudanças foram feitas no “pior momento”

Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull, avaliou negativamente as mudanças na F1. Para o britânico, vieram no pior momento possível e são absurdamente caras

Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull, falou sobre as mudanças na F1 para a temporada 2014. Para o britânico, a transição ocorre em um momento errado e conta com gastos exorbitantes.
 
“O problema da nova regra é que ela veio no momento errado. É muito cara. Provavelmente a maior e mais cara mudança que já vimos na F1”, avaliou Horner.
 
O chefe da equipe austríaca entende que mudanças são necessárias e que a categoria precisa acompanhar as inovações de seu tempo. Porém, afirmou que a hora para tantas transformações não é correta.
 
“É óbvio que a F1 tem de mudar de acordo com seu tempo e precisa se mexer para manter o interesse das empresas automotivas, mas alguém precisa questionar o momento de tais mudanças”, disse o chefe de equipe. 

Christian Horner mostrou-se insatisfeito com as mudanças. Custos elevados desagradaram o chefe de equipe (Foto: Carsten Horst/Hyset)

Horner se disse preocupado com os custos e não sabe precisar o quanto a equipe das bebidas energéticas terá de gastar além do esperado.  
 
“É impossível de prever pois não se trata apenas do motor. Podemos ter um aumento de 20, 25%”, falou o chefão da Red Bull.
 
A Red Bull está em Jerez para testes de inverno. Apenas a Lotus não participa da série de treinos na Espanha.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube