Chefe da Red Bull exalta atitude de recém-chegado Pérez: “Impressionou toda a equipe”

Christian Horner vai voltar a trabalhar com Sergio Pérez mais de dez anos depois. O dirigente britânico destacou a presença do mexicano e a sua importância em construir uma Red Bull verdadeiramente competitiva e capaz de lutar pra valer contra a Mercedes em 2021

Sergio Pérez chegou há pouco tempo à Red Bull, mas já está com a moral lá em cima com o chefe, Christian Horner. O piloto nascido em Guadalajara e o dirigente britânico já trabalharam juntos nos tempos de GP2, antigo nome da Fórmula 2, quando Horner era o chefe da Arden, defendida pelo mexicano em 2009. Agora, os dois unem forças na Red Bull, com ‘Checo’ impressionando o novo-velho patrão pela sua atitude na chegada à equipe tetracampeã do mundo.

Horner falou em entrevista à emissora britânica Sky Sports sobre como vê Pérez como peça fundamental para que a Red Bull não dependa apenas de Max Verstappen e que seja capaz, finalmente, de lutar de igual para igual com a Mercedes, agora com dois carros, pelo título mundial em 2021, último ano antes da revolução nos regulamentos técnico e desportivo prevista pela Fórmula 1 para a próxima temporada.

Sergio Pérez, novo contratado da equipe, já chama a atenção pela sua atitude, destacou Christian Horner (Foto: Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GRANDE PRÊMIO dá pontapé inicial para temporada 2021 com nova programação

“Sergio tem muita experiência agora, depois de dez anos na Fórmula 1. Eu o conheço há muito tempo, e ele sempre teve essa característica de ser muito gentil com os pneus e ser muito forte em condições de corrida”, destacou o chefe da Red Bull.

“Acho que isso traz outra dinâmica para nós, estrategicamente, e espero que traga mais opções para nós também”, disse Horner, que não escondeu a felicidade em contar com o mexicano nos boxes da equipe sediada em Milton Keynes.

“Ele impressionou toda a equipe com sua atitude e abordagem até agora”, elogiou.

Pérez chegou para substituir Alexander Albon, agora rebaixado para reserva da Red Bull. ‘Checo’ foi um dos grandes destaques da temporada passada, venceu pela primeira vez na Fórmula 1 e levou a Racing Point ao topo do pódio para terminar o Mundial em quarto lugar, superando inclusive o anglo-tailandês.

Na visão de Horner, Pérez era a peça que faltava para a Red Bull formar uma grande dupla com Verstappen e, definitivamente, dar um grande passo e buscar novamente o protagonismo na Fórmula 1.

“Max é um competidor duro, mas queremos os dois pilotos lá no topo. Precisamos dos dois pilotos lá no topo. Para ter alguma chance de encurtar essa diferença e pressionar a Mercedes, precisamos dos dois pilotos na sua melhor forma”, concluiu.

https://open.spotify.com/episode/56EWZtjjXZerTSc5mEGdpr?si=dXJwGloaQQ6ZEGdY1gUInQ&nd=1

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube