Chefe da Red Bull se frustra com perda da pole no México e critica: “Fomos ‘Tsunodados'”

Yuki Tsunoda, piloto da AlphaTauri - equipe B da Red Bull -, atrapalhou os dois carros da escuderia austríaca na classificação do México e gerou revolta em Christian Horner e seus pilotos

F1 NO MÉXICO AO VIVO! BOTTAS É POLE, HAMILTON É 2º E VERSTAPPEN XINGA MUITO NO RÁDIO | Briefing

Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull, não ficou feliz com o desenrolar da classificação para o GP da Cidade do México, realizada neste sábado (6). O dirigente acredita que seus dois pilotos foram prejudicados em suas últimas tentativas de obterem a pole para a corrida de domingo, alcançada por Valtteri Bottas, da Mercedes. Na ocasião, Sergio Pérez foi atrapalhado por Yuki Tsunoda, da AlphaTauri, e a confusão entre os dois sobrou para Max Verstappen, que tirou o pé do acelerador e se classificou apenas em terceiro.

“Nós fomos ‘Tsunodados'”, reclamou Horner ao portal inglês Sky Sports, destacando as consequências da manobra do japonês para os carros da Red Bull. “Os dois pilotos estavam em suas últimas voltas. Max estava acima por 0s250, e acho que Checo [Pérez] estava abaixo por apenas 0s2. Não entendo por que ele [Tsunoda] estava navegando por aquela parte do circuito”, questionou.

“Então foi frustrante, porque afetou os dois pilotos”, continuou o inglês. “Eles dois estão bastante irritados, mas ainda estamos na segunda fila do grid e podemos fazer uma grande corrida a partir daí”, confia.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

CHRISTIAN HORNER; GP DOS EUA; RED BULL; F1; FÓRMULA 1;
Christian Horner não ficou feliz com a classificação para o GP da Cidade do México (Foto: Mark Thompson/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Com a estratégia da Mercedes de botar pressão na Red Bull logo nas primeiras voltas do Q3, marcando tempos rápidos no início da sessão, Horner disse acreditar que a escuderia alemã conseguiu resolver algumas questões de seu motor em relação à altitude, que haviam prejudicado os carros de Lewis Hamilton e Bottas nas sessões anteriores.

“Eles estavam rápidos, muito rápidos”, admitiu. “Pudemos ver ontem, em seus motores, eles encontraram a raiz dos problemas que tiveram aqui antes. Então, obviamente, eles resolveram isso. Acho que ficamos abaixo do que podemos no Q3, mas está bastante apertado. Acho que amanhã, na corrida, será muito apertado. Eles possuem uma boa velocidade de reta aqui, o que será duro para nós”, encerrou.

Os carros da Red Bull ocuparão a segunda fila no grid de largada para o GP da Cidade do México, com Max Verstappen na 3ª colocação e Sergio Pérez logo atrás. A largada para a disputa no Autódromo Hermanos Rodríguez está marcada para as 16h00 (de Brasília).

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar