Chefe da Red Bull se rende ao talento de Verstappen: “Vai nos dar dor de cabeça em uma ou duas temporadas”

Encantado com o trabalho de Max Verstappen, sobretudo depois de mais uma grande performance do adolescente holandês no último fim de semana, em Cingapura, Christian Horner rasgou elogios ao pupilo: “É um grande problema ter pilotos de tanta qualidade em nosso grupo”, destacou

A performance arrebatadora de Max Verstappen no último GP de Cingapura, ao recuperar uma volta perante o líder e terminar em oitavo lugar, encheu os olhos da cúpula da Red Bull. O adolescente de 17 anos, grande aposta da Toro Rosso para a temporada 2015, caiu de vez nas graças de Christian Horner não só pela forma como se comportou durante a corrida, mas também pela postura corajosa e madura como vem se portado ao longo de seu ano de estreia na F1.

Tanto que Horner já prevê problemas para formar sua dupla de pilotos em breve. “Nós demonstramos que a aposta na juventude funciona. Demonstramos isso com Sebastian, Daniel Ricciardo, Daniil Kvyat e com esses dois jovens pilotos, Verstappen e Sainz”, disse o chefe da Red Bull em entrevista ao diário britânico ‘The Guardian’ no domingo, pouco depois do GP de Cingapura.

Horner exaltou o trabalho 'sensacional' de Max Verstappen na F1 (Foto: AP)

Max protagonizou uma cena que reforçou sua personalidade como, mesmo ainda um adolescente, um grande piloto de F1. Ao receber via rádio uma ordem da Toro Rosso pedindo para deixar Carlos Sainz Jr. passar, o holandês foi claro com um sonoro ‘não’, terminando à frente do companheiro de equipe na cidade-estado.

Em seguida, o comandante da esquadra taurina rasgou elogios a Verstappen. “Max está fazendo um trabalho sensacional, e provavelmente vai nos dar dor de cabeça dentro de uma ou duas temporadas. É um grande problema ter pilotos de tanta qualidade em nosso grupo; é fantástico”, destacou o dirigente.

Entretanto, até mesmo para evitar rumores sobre o futuro de Verstappen e dos atuais pilotos da Red Bull, Horner tratou de reforçar que, por enquanto, Ricciardo e Kvyat estão garantidos na equipe tetracampeã do mundo.

“Ricciardo tem um contato de longa duração, como também tem Daniil Kvyat. Mudar de pilotos em qualquer equipe é algo importante. Os pilotos são parte fundamental e, se você tiver de mudar, tem de ser para melhor”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube