F1

Chefe da Renault lembra elogios da Red Bull a Honda e alfineta: “Toro Rosso ainda está atrás de nós”

Chefe da Renault, Cyril Abiteboul evitou metas numéricas para a temporada 2019, mas ressaltou que a fábrica francesa espera se aproximar dos ponteiros na F1. Dirigente reconheceu que resultado final pode depender dos frutos do casamento entre Red Bull e Honda e aproveitou o desempenho da Toro Rosso em 2018 para alfinetar o time comandado por Christian Horner
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Artem Markelov testa pela Renault (Foto: Reprodução/Twitter)
Chefe da Red Bull, Cyril Abiteboul evitou traçar metas claras para a temporada 2019, mas frisou que o objetivo é reduzir a distância para os ponteiros. Ainda assim, o dirigente considera que o terceiro lugar no Mundial de Construtores vai depender dos frutos da aliança entre Red Bull e Honda.
 
A parceria entre o time dos energéticos e a montadora francesa chegou ao fim em 2018, depois de alguns anos de animosidade entre as partes. A Red Bull culpa a Renault pela falta de títulos na era dos motores V6 turbo.
Abiteboul não perdeu a chance de alfinetar a Red Bull (Foto: Renaut Sport F1)
O time comandado por Christian Horner, então, se aliou a Honda e passou o ano ajudando no desenvolvimento do propulsor, que passou a empurrar os carros da Toro Rosso. 
 
Ainda sem saber o que esperar da concorrência, Abiteboul evitou estabelecer uma posição no campeonato como objetivo. 
 
“É duro traçar metas para o ano que vem”, disse Abiteboul em entrevista à publicação alemã ‘Auto Motor und Sport’. “Isso sempre depende um pouco da performance dos outros no esporte”, seguiu.
 
“Mas se a curva for como a nossa, você quer que essa tendência continue. Podemos ao ser bem sucedidos em termos de posição no Mundial de Construtores, mas queremos diminuir a distância para a ponta”, frisou. 
 
Com a Honda, a Toro Rosso fechou o ano no nono posto do Mundial de Construtores, com 89 pontos a menos que a Renault. Os números, aliás, abriram caminho para uma alfinetada de Abiteboul.
 
“Vamos esperar para ver o que acontece com Red Bull e Honda. A Red Bull nunca cansou de dizer como a Honda é boa em comparação conosco”, recordou. “Posso lembrar que a Toro Rosso ainda está atrás de nós?”, completou.