Chefe da Renault mostra dúvida em entregar versão atualizada do motor à Red Bull no GP do Canadá

A Renault desenvolveu um motor atualizado, com mais potência, mas ainda não sabe quem o receberá no GP do Canadá. Ainda sem testar, os franceses não sabem se é uma boa entregar a novidade para a Red Bull

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A Renault preparou uma atualização de motor para o GP do Canadá, mas ainda não sabe quais equipes não ser agraciados com a novidade.  Cyril Abiteboul, chefe da equipe na F1, não sabe ainda se é uma boa repassar a nova unidade às clientes – “especialmente a Red Bull”.
 
Isso porque, como de costume em atualizações, existe uma cautela extra da Renault. Não se sabe se ter as duplas de Renault, Red Bull e McLaren testando componentes novos de uma vez só.
 
“Nós temos uma nova configuração de motor. Ainda precisamos confirmar, até porque nem todos os carros estão com a mesma quilometragem, então ainda vamos ver como e quanto vai estrear. Acho que temos seis motores disponíveis, mas não tenho certeza se é o melhor colocar esse novo motor em todos os seis carros, especialmente na Red Bull. Precisamos conferir isso”, comentou Abiteboul, entrevistado pela revista britânica ‘Autosport’.
Daniel Ricciardo pode ficar sem atualização em Montreal (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A atualização não é revolucionária, mas traz ganho de potência – importante em um circuito de longas retas, o caso de Montreal.
 
“Sempre trabalhamos em parceria com nossas equipes, tentando o melhor em termos de resultados na temporada. Isso [atualizações do motor] traz um pequeno ganho de potência, mas não seremos os únicos [com atualizações]. É basicamente o ICE [Motor de Combustão Interna], então podemos esperar mais potência. Esse precisa ser o foco, e vai continuar sendo o foco nesse ano e talvez no próximo”, encerrou.
 
Não contar com atualização de motor pode ser um problema para uma Red Bull que passa por um período de evolução. A equipe venceu o GP de Mônaco com Daniel Ricciardo e ainda alimenta esperanças de novas vitórias e título em 2018.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar