Chefe da Toro Rosso enche dupla mais jovem da história de elogios e avalia que “foram a parte mais forte do time” em 2015

O chefe da Toro Rosso, Franz Tost, fez um monte de elogios aos seus dois pilotos, Max Verstappen e Carlos Sainz Jr. Segundo Tost, os novatos foram a melhor parte do que a equipe mostrou durante 2015

Muita dúvida pairou no ar antes do início da temporada 2015 com relação aos pilotos da Toro Rosso. Era, afinal, a dupla mais jovem da história da F1 assumindo postos de novatos. O que se viu, no entanto, foram dois pilotos promissores num carro até bom, mas com problemas de confiabilidade e um péssimo motor. O chefe do time de Faenza, Franz Tost, avaliou que Max Verstappen e Carlos Sainz Jr foram o que de melhor a esquadra teve no ano que termina na semana que vem.
 
Tost avaliou os dois pilotos como conjunto e separadamente em entrevista concedida à revista inglesa 'Autosport'. Admitiu que o visto dos dois fora uma surpresa. Verstappen fez 49 pontos e o 12º lugar do Mundial de Pilotos – o melhor entre novatos -, enquanto Sainz ficou com 18 pontos e o 15º posto, mas também uma longa lista de corridas em que foi prejudicado por problemas técnicos alheios ao piloto.
 
"O desempenho dos dois pilotos foi surpreendentemente bom. Os dois fizeram um ótimo trabalho, porque agora são novos na F1. Com um carro mais confiável, acho que os dois teriam surpreendido mais e marcado mais pontos. Devo dizer que os pilotos foram a parte mais forte do time neste ano. Em termos de pura velocidade, ambos são bem similares", disse.
Pais e filhos: Carlos Sainz Jr e Carlos Sainz; Jos Verstappen e Max Verstappen (Foto: Toro Rosso)
Considerado quase que de forma unânime como o melhor piloto novato do ano em desempenho bem como em pontos, Verstappen chamou a atenção também pela habilidade nas ultrapassagens. Ganhou um prêmio da FIA, inclusive, pela melhor passada no ano, sobre Felipe Nasr na Blanchimont durante o GP da Bélgica. Ganhou outros dois prêmios na mesma cerimônia, inclusive. Tost vê as manobras que o holandês conseguiu executar como mais impressionantes por se tratar de um carro com pouca força de motor.
 
"Sabendo o quão atrás na potência estávamos nesta temporada, suas manobras de ultrapassagens, especialmente em Austin e São Paulo, foram realmente impressionantes. O que me impressionou mais foi que não houve ação onde você pensava que ele não tinha sob controle", falou. 
 
"Não teve frente travada ou toque de rodas numa maneira injusta. O que também foi impressionante é que ele se afastou quando viu que não ia dar. Esse controle e possibilidade de estimar se você pode ou não passar é muito bom", avaliou.
 
Já a avaliação para Sainz é a de que o espanhol teve simplesmente problemas demais para acompanhar o companheiro na tabela de pontuação, mas sua habilidade como acertador de carro é excepcional. Resta a equipe fazer com que o filho da lenda do rali tenha mais chances em 2016 e adiante.
 
"Seu entendimento de como ajustar o carro é impressionante. Infelizmente, ele teve falhas técnicas o tempo todo. É muito importante que seja mentalmente forte e possa esquecer isso, pensar que 'OK, a corrida foi ruim por causa do problema de confiabilidade, então vamos focar na próxima'. Estou convencido de que teremos muitos melhores momentos ano que vem, porque mais cedo ou mais tarde ele vai recuperar o que merece", encerrou.
 
A temporada da F1 começa em 20 de março de 2016 com o GP da Austrália.

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

PADDOCK GP EDIÇÃO #11: ASSISTA JÁ

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube