Chefe da Williams diz que Massa aparece “muito bem” em lista de pilotos para 2018, mas que equipe “deve a si” testar outros

Paddy Lowe assumiu que a Williams fará testes nas próximas semanas com Robert Kubica e Paul di Resta, mas não cortou Felipe Massa de sua lista. Aliás, disse que o brasileiro tem boas chances - ou, ao menos, está bem na briga para continuar na categoria em 2018

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Felipe Massa não teve exatamente um dia empolgante no Japão, nos primeiros treinos livres em Suzuka, e ainda ouviu de Paddy Lowe, chefe de sua equipe, que Robert Kubica e Paul di Resta testarão com a equipe nas próximas semanas. Mas, ao menos, soube que aparece "entre os primeiros" da lista de possíveis pilotos da Williams para a temporada 2018.

Segundo Lowe, Massa não foi descartado: "Claro que Felipe segue em nossa lista. Muito, muito, muito no alto dela, aliás", afirmou.

"Mas nós devemos a nós mesmos o direito de olhar por aí e ver qual nossa melhor opção para o futuro", completou.

Felipe Massa (Foto: Williams)

O único nome certo na Williams é Lance Stroll, que "progrediu muito este ano", na opinião de Lowe.

O chefão afimou que não revelará mais informações sobre os testes de Kubica e Di Resta, por se tratar de "dado privado" da equipe. Enquanto isso, Massa espera e mostra estar tranquilo em relação à concorrência: "Os carros são completamente diferentes", comentou na última semana, sobre os testes dos rivais, que correrão com a Williams 2014.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da F1 no Japão AO VIVO e em TEMPO REAL, com livetiming e gráfico interativo.

HÁ ESPERANÇA?

MESMO COM RESULTADO RUIM, VETTEL GANHA FORÇA NA MALÁSIA  

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube