Chefe de equipe da Ferrari fala em “fazer o melhor trabalho” em Interlagos para ajudar Alonso

Sabendo que precisa de uma combinação na pista para garantir o título de Fernando Alonso, Stefano Domenicali quer foco no trabalho do final de semana e deseja esquecer o rival da Red Bull

O terceiro lugar no GP dos Estados Unidos ajudou Fernando Alonso a adiar o título de Sebastian Vettel por mais uma corrida. E a decisão vai ser em Interlagos, no GP do Brasil, neste final de semana. Mesmo precisando de uma combinação de resultados para ver o espanhol campeão, Stefano Domenicali, chefe de equipe da Ferrari, diz que a meta é, antes de tudo, terminar a prova à frente do piloto da Red Bull.

“Pragmaticamente falando, sabemos que o resultado tem que ser o melhor. Temos que estar na frente de Sebastian e precisamos de outros pilotos entre os dois, sem pensar no pior cenário. E esta é a abordagem que temos de ter. Sabemos que não é fácil, porque ele está pilotando muito bem e tem um carro muito rápido. Mas isso não muda o que temos que fazer. Temos de nos concentrar no nosso trabalho e ver o resultado disso na corrida”, explicou.

Domenicali diz que foco é o trabalho para fazer Alonso conquistar o melhor resultado possível (Foto: Ferrari)

“Vimos que Mark [Webber] tinha um problema de confiabilidade e que pode acontecer. Mas quero ficar concentrado no trabalho que temos de fazer e preparar o carro da melhor maneira que pudermos”, continuou.

A principal questão que pode atrapalhar a Ferrari é seu desempenho muito ruim na classificação. Mesmo com um bom ritmo de corrida e sem falhas graves nas paradas nos boxes, o sábado da equipe italiana, geralmente, não é bom e isso tem prejudicado Alonso na disputa pelo título, já que ele quase sempre larga atrás de Red Bull e McLaren, e até mesmo da Lotus. Em Interlagos, Domenicali quer ter certeza que isso não vai acontecer.

“Nós sempre dizemos isso, mas precisamos melhorar nosso ritmo de classificação. Nós tivemos uma das piores classificações [em Austin] do campeonato e precisamos ter certeza de que isso não vai acontecer no Brasil”, falou.

Basicamente, Alonso precisa vencer e Vettel não pode ir além da quinta colocação. Caso o piloto da Red Bull acabe na quarta colocação, ele sacramenta o terceiro título seguido na F1.

O Grande Prêmio vai acompanhar a decisão do Mundial 2012 da F1 'in loco' em Interlagos com grande equipe: Flavio Gomes, Victor Martins, Evelyn Guimarães, Fernando Silva e Juliana Tesser.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube