Chefe de equipe da Red Bull diz que é “irritante” ver Alonso no pódio ao final das provas

Sebastian Vettel venceu o GP de Cingapura, mas Fernando Alonso subiu ao pódio mais uma vez e segue líder absoluto do campeonato. Para Christian Horner, o alemão está no auge da carreira, e promete novas atualizações no carro até o final do campeonato

A vitória de Sebastian Vettel nas ruas de Cingapura colocou o piloto na vice-liderança do campeonato, graças ao abandono de Lewis Hamilton. Agora a diferença entre o alemão e Fernando Alonso, líder do campeonato, é de 29 pontos com seis provas para o final da temporada.

Mas Christian Horner, chefe de equipe dos austríacos, sabe que a McLaren tem o melhor carro no momento, mas acredita que a vitória no circuito de Marina Bay vai ser um ponto de virada no campeonato. "Eles têm um bom progresso desde Hockenheim e eles trouxeram alguns upgrades que funcionaram bem Temos algumas coisas boas e fomos muito competitivos no fim de semana”, explicou Horner.

"Temos algumas pistas chegando que vão bater com as características do nosso carro. Sabíamos que as duas últimas corridas eram difíceis, mas ainda conseguimos um segundo lugar em Spa, mas foi decepcionante abandonar em Monza. Mas existem algumas pistas chegando e sabemos que podemos ir bem”, afirmou.

Horner espera ver Vettel lutando pelo título até o final da temporada (Foto: Red Bull/ Mark Thompson/Getty Images)

Como o equilíbrio da atual temporada, o dirigente confirmou que a Red Bull vai continuar desenvolvendo o carro até o final do campeonato e disse que novidades estão prontas, ou em finalização, para serem usadas.

"Temos novidades para entrar no carro entre agora e o final da temporada. É claro que é tudo relevante para o próximo ano, bem como com a continuidade do regulamento. Então, em cada corrida, estaremos tentando para melhorar o desempenho e colocar algo novo no carro”, falou.

Para Horner, Vettel está no auge de sua carreira e diz que o piloto nunca desistiu o título, mesmo com todas as dificuldades que, particularmente, esta temporada tem colocado para o atual bicampeão e classificou como irritante o fato de Fernando Alonso ir ao pódio mais uma vez – o espanhol só abandonou o GP da Bélgica em 14 provas disputadas.

"Eu acho que ele tem o benefício da experiência e ele nunca desistiu, apesar de ter algumas adversidades lançadas contra ele. Nunca o vi tão focado para um GP como estava em Cingapura e ele fez uma corrida muito impressionante. O campeonato está aberto, é apenas irritante que Fernando continue aparecendo no pódio no final de cada prova”, finalizou.

O piloto da Ferrari tem 194 pontos contra 165 de Vettel com seis etapas para o final da temporada. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube