F1

Chefe diz que Ferrari “progrediu” no Bahrein, mas define liderança como “enganosa” por configuração do motor

O chefe de equipe Mattia Binotto ainda não vê a Ferrari como equipe a ser batida no Bahrein. O dirigente destaca que o carro italiano usou configuração de motor mais potente do que o dos rivais diretos, como a Mercedes

Grande Prêmio / Redação GP, de Berlim
Talvez ainda seja cedo para celebrar a liderança da Ferrari nos dois treinos livres de sexta-feira (29) no Bahrein. Na abertura do fim de semana da Fórmula 1, os carros vermelhos conseguiram vantagem acima de 0s6 sobre a Mercedes, mas nada que deixasse o chefe Mattia Binotto muito empolgado. De acordo com o dirigente, a explicação é simples: a equipe italiana usou configurações de motor mais potentes do que as rivais.
 
“Talvez a distância que vocês tenham visto em relação aos outros não seja tão significativa”, disse Binotto. “Acho que amanhã teremos uma briga muito mais dura, os outros vão estar muito fortes. Me parece óbvio, e você pode ver pelos dados de GPS e pela velocidade nas retas, que nós certamente estávamos usando uma configuração diferente de motor em relação ao que os outros estavam fazendo. Então, sim, espero uma briga muito dura amanhã”, seguiu.
Sebastian Vettel anotou o melhor tempo do dia no Bahrein (Foto: Beto Issa)
“Acho que os resultados de hoje foram enganosos. Estou esperando outra situação na classificação. Mesmo assim, é certo que, pelo que vimos hoje, a situação é diferente da que vimos na Austrália. Isso significa que progredimos. Mesmo assim, ainda precisamos trabalhar no nosso carro de acordo com as impressões e os dados que conseguimos”, seguiu.
 
O uso de configuração mais potente do motor é reflexo das tentativas da Ferrari de entender o que houve de errado com o desempenho do SF90 na Austrália, quando o carro que aparentava ser favorito não conseguiu sequer ir ao pódio. Valtteri Bottas e Lewis Hamilton dispararam, enquanto até mesmo Max Verstappen superou Vettel e Leclerc com alguma facilidade.
 
O GP do Bahrein, segundo da temporada 2019, acontece neste fim de semana. A corrida, no domingo, começa às 12h10 (de Brasília).