Chefe diz que Ferrari termina 2021 “com um sorriso” após pior temporada em 40 anos

Mattia Binotto ressaltou volta por cima da Ferrari em 2021 com o terceiro lugar do Mundial de Construtores e lembrou o péssimo ano de 2020 da escuderia, com a sexta colocação

F1 EM ABU DHABI: VERSTAPPEN PASSA HAMILTON NO FIM E É CAMPEÃO! | Briefing

A Ferrari conseguiu concluir seu objetivo principal na temporada durante o GP de Abu Dhabi e assegurou o terceiro lugar no Mundial de Construtores de 2021 da Fórmula 1. Em batalha que pareceu perdida em determinado momento da temporada para a McLaren, a escuderia italiana subiu de rendimento na segunda metade do campeonato e alcançou a virada — e o pódio de Carlos Sainz em Yas Marina ainda serviu como a cereja do bolo. Após o fim da última prova, o chefe da equipe, Mattia Binotto, valorizou demais a posição do time no campeonato.

“Queríamos finalizar essa temporada com um sorriso e conseguimos”, comemorou. “Ter Carlos [Sainz] no pódio foi a melhor forma de terminar um campeonato no qual fizemos um progresso significativo em comparação ao ano passado”, disse Binotto, antes de reconhecer a distância ainda presente — e considerável — para Mercedes e Red Bull, as duas primeiras colocadas. No entanto, o terceiro lugar é uma melhoria e tanto se comparado à sexta colocação de 2020.

“Estamos cientes de que a distância para aqueles que brigam pelo título ainda é muito grande, mas não se pode negar que demos um passo considerável à frente ao longo do ano”, explicou. “O terceiro lugar no Mundial de Construtores foi devido aos esforços de todos no time, na pista e em Maranello, que trabalharam duro com determinação, humildade e união”, elogiou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Carlos Sainz encerrou 2021 com pódio, no terceiro lugar do GP de Abu Dhabi (Foto: Ferrari)

Vale lembrar que em 2020, a Ferrari teve simplesmente sua pior temporada nos últimos 40 anos, com a sexta colocação entre todas as equipes. O terceiro lugar, na ocasião, acabou ficando com a Racing Point de Sergio Pérez e Lance Stroll — que hoje se chama Aston Martin, sétima colocada na classificação final do campeonato.

A boa posição na tabela final da competição se deve bastante ao equilíbrio visto na dupla de pilotos da equipe. Carlos Sainz e Charles Leclerc tiveram desempenhos parecidos ao longo de todo o ano, e terminaram em boas e próximas posições na classificação: o espanhol ficou em quinto, com 164.5 pontos, e o monegasco foi o sétimo, apenas 4.5 tentos atrás do companheiro de time.

“Esse espírito de equipe e essa vontade de melhorar se estendem a nossos pilotos, Carlos e Charles [Leclerc], que mostraram com suas performances e seu comportamento que estão prontos para a missão que lhes foi dada como pilotos da Ferrari”, destacou. “Eles são a melhor combinação do grid”, ressaltou.

Charles Leclerc terminou em décimo no GP de Abu Dhabi, mas missão de vencer a McLaren foi cumprida (Foto: Ferrari)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Binotto ainda ressaltou a chance que a Ferrari tem a partir de agora de virar o foco para o carro de 2022, que será o primeiro sob o novo regulamento técnico da Fórmula 1. O italiano ainda agradeceu aos torcedores da escuderia de Maranello, que não teriam abandonado a equipe mesmo em seus momentos mais complicados de 2020.

“Agora, podemos nos concentrar 100% no desenvolvimento do carro do próximo ano, quando queremos dar aos nossos fãs ao redor do mundo algo para comemorar”, afirmou. “De fato, agradecemos a eles pelo apoio incondicional, mesmo nos momentos mais difíceis”, continuou Binotto, antes de finalizar agradecendo aos patrocinadores da Ferrari, como costuma fazer após as corridas.

“Finalmente, gostaria de agradecer a nossos parceiros que continuam a nos ajudar, principalmente a Philip Morris International, que esteve com a gente por mais de 40 anos”, pontuou. “Seu apoio é sempre importante e continuará a ser no futuro”, encerrou.

“Isso está sendo manipulado”, reagiu Hamilton na volta final do GP de Abu Dhabi (Vídeo: Reprodução)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar