Chefe diz que foco da Ferrari está na briga pelo título de 2017 e deixa claro: novos contratos vão ficar para depois

Chefão da Ferrari, Maurizio Arrivabene garantiu que a equipe italiana está totalmente focada na conquista da F1 neste ano e que, por ora, não pensa na renovação dos contratos de seus pilotos. O italiano também não descartou usar ordens de equipe no duelo com a Mercedes, mas falou que, por enquanto, a dupla pode brigar livremente

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

A Ferrari não quer nem pensar em contratos ou renovações por enquanto. O único objetivo da equipe mais tradicional do grid atualmente é focar na disputa pelo campeonato 2017. O chefe Maurizio Arrivabene reiterou que as conversas sobre novos acordos não são um problema e que vão fica para mais tarde. A esquadra italiana vem em uma batalha apertada com a Mercedes neste ano e tem em Sebastian Vettel seu líder. O alemão comanda a tabela de pilotos e já soma três vitórias.

 
Só que o vínculo do tetracampeão, assim como de Kimi Räikkönen – o último campeão mundial da Ferrari – vence no fim de 2017. E os rumores seguem pelo paddock, apesar das negativas. "Não temos em mente agora os contratos, pensamos somente no campeonato neste momento. Como já disse em outras oportunidades, nós estamos trabalhando todos juntos, e isso inclui também os pilotos", afirmou o comandante vermelho.

"Estamos centrados em fazer o nosso trabalho e os contratos agora não são um problema", completou.

Maurizio Arrivabene não quer nem pensar em renovação de contrato (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Pela primeira vez de 2012, a Ferrari está na briga por vitória, e os italianos não querem deixar a chance passar desta vez. Por isso, Arrivabene também não descarta lançar mão de ordens de equipe para manter o time na briga.


"Como Ferrari, estamos pensando no Campeonato de Construtores. O Mundial de Pilotos é outra coisa. E eles podem lutar até que os números apontem para uma direção clara. Neste caso, devemos aplicar algumas regras. Mas, neste momento, não há nada disso e nem era em Mônaco", assegurou o chefe ferrarista, lembrando a estratégia diferente usada para os dois pilotos no GP de Mônaco, no mês passado.
 
PADDOCK GP # TEM PRESENÇA DE ALEX BARROS

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube