Chefe diz ser “duro”, mas que Hamilton está no caminho para bater recordes de Schumacher

Lewis Hamilton tem chances reais de bater alguns recordes que ainda estão nas mãos de Michael Schumacher na Fórmula 1 - mesmo que esteja distante de certas marcas alcançadas pelo alemão. Mas, para Toto Wolff, é possível, mesmo que o caminho seja difícil e longo

Michael Schumacher ainda detém diversos recordes dentro da Fórmula 1: segue como o maior vencedor (91), é quem tem mais vitórias em uma mesma temporada (13, em 2004) e lidera a lista de temporadas seguidas com ao menos um triunfo (15); também é dono de marcas "menores", como a de mais corridas com o mesmo construtor (179) e a de volta mais rápidas em GPs, com 77.

Mas Lewis Hamilton está chegando: já tirou do alemão o recorde de poles, com 86 no momento, e está bem posicionado em várias destas listas lideradas por Schumacher, como a de mais vitórias, com 81.

Ele pode passar o alemão em tudo? Para Toto Wolff, chefe da Mercedes, sim. Mesmo que isso vá demorar e que o caminho seja tortuoso.

Lewis Hamilton (Foto: Mercedes)

"Acho que se você tem o talento que ele tem, e é trabalhador como ele é, e está na equipe que dita o ritmo na atualidade, isso te dá uma boa base para atingir resultados de sucesso", disse Wolff.

"Mas para atingir o que Michael fez, que é o melhor até hoje, ele está em um nível totalmente diferente de todos os outros. É um caminho duro, creio, mas ele está nele e existem mais vitórias e títulos para serem vencidos para que ele iguale Michael", completou o dirigente.

Já na atual temporada, por exemplo, Hamilton pode bater o recorde de vitórias no mesmo ano; ele já tem sete, a seis da marca de Schumacher em 2004 e de Sebastian Vettel em 2014, com 11 etapas até o final do ano.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube