Chefe da Ferrari exalta mentalidade de Leclerc ao abrir caminho para Sainz na Áustria

Mattia Binotto, chefe de equipe da Ferrari, aplaudiu Charles Leclerc. Não tanto pelo desempenho na pista, mas por acatar ordens de equipe sem pensar duas vezes, ajudando Carlos Sainz

Verstappen aplica novo domínio e vence: os melhores momentos do GP da Áustria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Após somar 14 pontos no GP da Áustria, com o quinto lugar de Carlos Sainz e a oitava colocação de Charles Leclerc, Mattia Binotto, chefe da Ferrari, comemorou o espírito apresentado pelos pilotos e os pontos conquistados no Red Bull Ring. A cereja no bolo foi o espírito de equipe apresentado, com Leclerc abrindo caminho para Sainz sem pensar duas vezes.

A equipe pediu que Leclerc cedesse posição por acreditar que Sainz apresentava melhores condições na prova. O espanhol tinha pneus mais novos e melhores condições de escalar o pelotão no GP da Áustria.

“Quero destacar o espírito que nossos pilotos mostraram. Charles não hesitou em abrir caminho para Carlos, que estava com pneus mais novos e mais rápidos. Isso significa que conseguimos o melhor resultado possível para a equipe. Essa é a mentalidade e o caminho que devemos seguir para progredir”, comentou Binotto.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

MATTIA BINOTTO; FERRARI; GRANDE PRÊMIO; GP DO BAHREIN; F1
Mattia Binotto acredita que a Ferrari melhorou, mas precisa evoluir ainda mais (Foto: Ferrari)

“Quando perguntamos ao Charles para inverter posição com Carlos no fim, ele aceitou imediatamente, sem discutir, entendendo a importância disso para a equipe e o quão importante seria para nós pontuar ao máximo”, disse.

Apesar da felicidade pelo resultado, Binotto voltou a trazer à baila os incidentes entre Sergio Pérez e Charles Leclerc, que, segundo o ítalo-suíço, minaram as chances do piloto do carro de número #16 ter conseguido um melhor resultado no Red Bull Ring.

“Creio que Charles poderia ter ido melhor, se não tivesse tido os problemas ao ultrapassar Pérez. Mas faz parte da corrida. Vi os incidentes da mesma forma que os fiscais viram, eles foram passíveis de punição. Penso que foi uma pena para Charles, porque os dois incidentes afetaram o resultado final. Tenho certeza de que se ele tivesse ultrapassado Pérez, o resultado final teria sido bem melhor”, finalizou Binotto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar