Chefe da Mercedes põe selo de escudeiro em Bottas: “Amo ver esse trabalho de equipe”

Toto Wolff avaliou que a escuderia de Brackley não pode se dar ao luxo de ter um piloto roubando pontos do outro. Dirigente considerou que o finlandês não tem mais chances de título

O duelo entre Max Verstappen e Lewis Hamilton no GP da Inglaterra por uma nova perspectiva (Vídeo: F1)

A Mercedes colocou Valtteri Bottas oficialmente no posto de escudeiro de Lewis Hamilton na temporada 2021 da Fórmula 1. Passadas as primeiras dez corridas da temporada, a equipe alemã vê o finlandês com poucas chances de título e, por isso, determinou que ele ajude o companheiro.

Depois do polêmico GP da Inglaterra, Hamilton ganhou novo fôlego no Mundial, cortando a vantagem de Max Verstappen para apenas oito pontos. Bottas, por sua vez, já acumula 77 pontos a menos do que o holandês da Red Bull.

Valtteri Bottas está liberado só para ajudar Lewis Hamilton em 2021 (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Nesse cenário, a Mercedes entende que Bottas tem chances mínimas de conquistar a taça e, por isso, determinou que ele se limite ao papel de auxiliar do heptacampeão.

“As chances de Valtteri vencer o campeonato já são muito pequenas em comparação com Lewis, que está nesta luta muito apertada”, disse Wolff. “Nós discutimos a questão e não importa o quão duro seja para o piloto ouvir, nesta temporada não podemos nos dar ao luxo de ter nossos pilotos tirando pontos um do outro”, seguiu.

Questionado se o papel de escudeiro vai ajudar Bottas a manter a vaga na Mercedes em 2022, o dirigente respondeu: “Este é um dos fatores, mas sou grato pela assistência dele”.

“Eu simplesmente amo ver esse trabalho de equipe”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar