Chefe da Mercedes se compadece com Red Bull e diz que “é difícil” acertar estratégia

Toto Wolff, chefe da Mercedes, sente que a Red Bull dificilmente acertaria a estratégia em Barcelona. É que, aos olhos do austríaco, é mais fácil trucar o rival estando em segundo

Max Verstappen recebeu uma surpresa da Red Bull antes do GP da Espanha, o 100º dele na equipe (Vídeo: Red Bull)

Mercedes e Red Bull travaram embate estratégico no GP da Espanha deste domingo (9). A corrida estava parelha, com o fiel da balança sendo a decisão de chamar Lewis Hamilton para um segundo pit-stop, enquanto Max Verstappen seguiu na pista com pneus gastos. Toto Wolff, chefe da escuderia alemã, ponderou: não era tão fácil assim determinar qual seria a estratégia vencedora em Barcelona.

“Acho que a gente tinha um carro rápido, mas perder posição na primeira volta te deixa em uma posição ruim”, disse Wolff, entrevistado pela Sky Sports. “Eu imagino que seja difícil para a Red Bull tomar a decisão certa, porque abrir mão de posição pode significar perder a corrida. Estando em segundo, você tem uma margem para tomar uma decisão”, seguiu.

A Mercedes surpreendeu a Red Bull com a decisão de para Hamilton uma segunda vez. Se Verstappen entrasse nos boxes um giro depois, já corria o risco de perder posição. O holandês foi instruído a seguir na pista, eventualmente sucumbindo à aderência superior do britânico.

TOTO WOLFF; MERCEDES; GP DO BAHREIN;
Toto Wolff viu a Mercedes derrotar a Red Bull em Barcelona (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ao mesmo tempo que entende a situação da Red Bull, Wolff também faz questão de elogiar a ousadia da Mercedes na Espanha.

“Eu fico muito orgulhoso, porque é uma decisão ousada. Quando você vê uma distância de 20s, você não consegue acreditar em se recuperar. Só que percebemos que o Max estava sofrendo um pouco mais com os pneus. Nosso sistema mostrou que ele [Hamilton] só alcançaria o Max com uma volta para o fim”, destacou. No fim, Lewis conseguiu se aproximar mais rapidamente e fez a manobra decisiva com cinco giros para o fim.

Trata-se da terceira vitória de Hamilton em 2021, ampliando a vantagem sobre Verstappen no Mundial de Pilotos. Agora são 14 pontos separando os dois. O próximo embate acontece dentro de duas semanas, no GP de Mônaco.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar