Chefe da Red Bull vê risco de pilotos com atitude ‘cai-cai’ para cavar punições na F1

A Fórmula 1 teve punições até dizer chega no GP da Áustria. Christian Horner, chefe da Red Bull, pede cuidado para que a categoria não tenha pilotos cavando punições aos outros

Verstappen aplica novo domínio e vence: os melhores momentos do GP da Áustria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Já é tradicional no futebol ver jogadores simulando faltas, tentando cavar um pênalti ou um cartão amarelo para um rival. É um esporte completamente diferente da Fórmula 1, mas Christian Horner traça um paralelo: de acordo com o chefe da Red Bull, pilotos estão adotando a postura ‘cai-cai’ para punir rivais nas pistas.

“Você não quer ter o equivalente de um jogador de futebol cai-cai”, disse Horner. “Acho que precisamos evitar isso. Eu sei que é muito difícil, até porque discutimos isso o tempo todo e porque é difícil ser diretor de prova, mas sinto que os lances de hoje podiam ser vistos como incidentes de corrida, sem merecer punição”, seguiu.

Algumas das principais punições da corrida giraram em torno de Sergio Pérez, piloto de Horner na Red Bull. Primeiro, o mexicano foi empurrado para fora da pista por Lando Norris, que acabou punido em 5s. Depois, foi a vez de Checo espremer Charles Leclerc duas vezes, recebendo adição de 10s.

Christian Horner refletiu sobre as punições (Foto: Red Bull Content Pool)

Apesar de o regulamento esportivo prever punições em caso de um piloto espremendo outro, Horner sente que é necessário entender alguns incidentes como lances de corrida. Dessa forma, acabando com o excesso de punições.

“O incidente entre o Checo [Pérez] e o Lando [Norris], aquilo foi lance de corrida”, apontou. “Você vai por fora e corre um risco, principalmente por não estar adiante. Só que a FIA, ao dar aquela primeira punição, não tinha como deixar de dar uma punição por algo parecido com o Charles. Esses caras correm de kart desde a infância e sabem que é arriscado ir por fora. Acho que as punições foram um pouco duras demais e vão um pouco contra o mantra de deixar o pessoal correr, algo que a gente vem vendo nos últimos anos”, seguiu.

Mesmo com as punições, Pérez ainda salvou um sexto lugar no GP da Áustria, que teve vitória de Max Verstappen com a outra Red Bull. Valtteri Bottas foi o segundo colocado, com Lando Norris em terceiro.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar