Chefe revela que Vettel tem gastado pneus “mais rápido que os demais” e promete trabalho para resolver incômodo

Os problemas que têm afetado Sebastian Vettel na temporada 2014 passam pelo alto gasto dos pneus Pirelli, anormal na trajetória do tetracampeão nos últimos anos. A Red Bull diz que vai trabalhar incessantemente para resolver o problema

Diriam os detratores — e o pessoal que gosta de trabalhar a zoeira — que Sebastian Vettel não é mais aquele. O tetracampeão não teve vida fácil até agora nesta temporada e só conseguiu um pódio nas quatro primeiras provas neste ano, vendo o domínio que teve no ano passado transferido à Mercedes. A Red Bull já identificou problemas gerais, como o motor Renault e o combustível da Total, mas já sabe o que acontece especificamente com o alemão.

Segundo Christian Horner, Vettel não está confortável com a Susie, nome que deu a seu RB10. "Sebastian está indo mal porque não se sente cômodo com o carro ainda. Ele está penando com alguns aspectos dos ajustes, e o carro não está respondendo como ele queria que fizesse", declarou o chefe da Red Bull, que indicou que a labuta tem sido intensa desde o GP da China no último fim de semana. "Não haverá piloto que trabalhe mais que ele nestas três semanas até Barcelona", comentou.

Vettel dificultou o caminho de Ricciardo, mas acabou superado na China (Foto: Getty Images)

A Red Bull já sabe onde se encontra o problema crônico com Vettel. "Ele gasta demais os pneus, o que não é algo que ele costuma fazer desde que a Pirelli chegou à F1. Não é normal que ele acabe com a vida de seus compostos mais rápido que os demais", avaliou Horner. "Isso é o que acontece, e assim que trabalharmos em cima disso, vamos voltar com tudo."

Vettel tem tomado um caldo inédito de seu companheiro de equipe. Com Daniel Ricciardo na garagem ao lado, o germânico tem visto a ameaça do concorrente, que costumeiramente tem o superado nas classificações e durante as corridas, quando se encontram. O Mundial de Pilotos aponta 33 pontos a Vettel e 24 a Ricciardo, mas se não tivesse sido desclassificado na Austrália, a diferença de nove a favor de Sebastian estaria nas mãos de Daniel.

GRANDE PRÊMIO EUROBIKE: mostre que você sabe tudo de F1
neste bolão e faça agora suas apostas para o GP da Espanha


GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube