Chefe volta a pedir mudanças nas regras e diz que Red Bull nunca dominou F1 como Mercedes

Christian Horner, chefe da Red Bull, voltou a falar sobre o domínio da Mercedes na F1 e entende que a equipe austríaca nunca viveu um período tão forte quanto da rival, nem mesmo quando venceu quatro campeonatos consecutivos

Chefe da Red Bull, Christian Horner voltou a falar sobre a forte performance da Mercedes na F1 e afirmou que o domínio da equipe alemã agora é muito maior do que o imposto pela esquadra austríaca em um passado recente. Entre 2010 e 2013, o time de Dietrich Mateschitz venceu quatro vezes entre os construtores e mais quatro com Sebastian Vettel entre os pilotos. Na última temporada de comando, Vettel venceu as nove provas da segunda fase do campeonato.

O inglês entende que é preciso mudar as regras para que as rivais consigam alcançar a Mercedes. E lembrou que, durante os anos em que a Red Bull esteve à frente, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) promovia alterações diversas e constantes para tentar aproximar a concorrência e tirar a escuderia dos energéticos da ponta da tabela.

Chefe da Red Bull, Christian Horner chega à pista de Abu Dhabi (Foto: Getty Images)

Questionado se hoje entende a ironia de estar atrás de uma equipe tão dominante, Horner respondeu: "Eu posso compreender isso, mas quando estávamos andando na frente, nunca tivemos a vantagem que a Mercedes tem agora, nem de longe”.

"Em algum ponto no tempo, nós mostramos grande performance, mas aí as regras mudaram e nós tivemos de adaptar. E nós nos adaptamos às alterações nos chassis, difusor duplo, difusor soprado, mapeamento do motor, que mudou na metade da temporada", completou.

"A menos que haja uma intervenção da FIA assim, nós estamos prestes a ver uma temporada com uma ampla vantagem deles", acrescentou o britânico.

Apesar dos questionamentos, Horner reconheceu que o conjunto da Mercedes é "impressionante". "Acho que todo o pacote impressionante. É a integração da unidade de força, a recuperação de energia e consumo de combustível. Tudo isso aliado a uma incrível dirigibilidade", falou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube