Colega de Schumacher na Benetton, na Ferrari e na Mercedes, Brawn chega a hospital na França

Ross Brawn, ex-chefe da equipe Mercedes, viajou para a cidade francesa de Grénoble, onde Michael Schumacher está em coma após um acidente de esqui

A edição 45 da REVISTA WARM UP

Parceiro de longa data de Michael Schumacher, o britânico Ross Brawn viajou para Grénoble para acompanhar a situação do heptacampeão mundial de F1, internado após um acidente de esqui na manhã deste domingo (29). As informações vêm da imprensa francesa.

Brawn e Schumacher trabalharam juntos durante quase toda a carreira do alemão na F1. Os dois foram colegas na Benetton, na Ferrari e na Mercedes.

Em parceria, a dupla comemorou os sete títulos de Pilotos conquistados por Schumacher, além de uma taça de Construtores com a Benetton e seis com a Ferrari.

O inglês foi fundamental para tirar Schumacher da aposentadoria em 2010. Então chefe da Mercedes, levou o piloto de volta às pistas para mais três temporadas até a aposentadoria definitiva, em 2012.

Polícia abre investigação para apurar acidente de Schumacher
Massa deseja pronta recuperação a Schumacher: "Estou rezando"

Schumacher e Brawn no GP do Brasil de 1995: parceria de longa data (Foto: Getty Images)

As imagens da carreira de Michael Schumacher
Flavio Gomes: 'Vida loka'

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube