Com Albon, Red Bull promove teste com carro de 2020 em Silverstone

Diferente das rivais Mercedes e Ferrari, Red Bull conseguiu promover atividade com bólido de 2020 antes da abertura da temporada na Áustria, no próximo dia 5

A Red Bull entrou para a lista de equipes que colocou o carro de 2020 na pista antes do início da temporada. O time promoveu um teste nesta quinta-feira (25) em Silverstone, na Inglaterra, com o piloto Alexander Albon.

Piloto principal da equipe, Max Verstappen terá de aguardar até o fim de semana da corrida para pilotar. Residente em Mônaco, ele seria obrigado a ficar isolado por duas semanas ao desembarcar na Inglaterra. Para isso, teria de chegar no país no início de junho. Ele e a Red Bull concordaram em realizar o teste apenas com Albon.

Alexander Albon foi o único da Red Bull a testar em Silverstone (Foto: Red Bull Content Pool)

A esquadra taurina utilizou um dos dois dias permitidos de filmagem para dar voltas ao bólido atual. A atividade tem uma limitação de 100 km e com pneus de demonstração da Pirelli. Além da Red Bull, Racing Point e AlphaTauri também promoveram o teste.

O time chefiado por Christian Horner chegou a citar semanas atrás que não realizaria testes com o carro de 2018 por conta da falta de motores disponíveis, já que o bólido utilizava unidades de potência da Renault antes da troca pela Honda em 2019.

Alexander Albon deixando a garagem em Silverstone (Foto: Reprodução/Red Bull)

Principais rivais da Red Bull, Mercedes e Ferrari não andaram com o carro novo antes do GP da Áustria, que acontece no próximo dia 5 e abre a temporada. Os italianos chegaram a colocar a SF1000 em um evento de demonstração com Charles Leclerc nas ruas de Maranello, mas não na pista.

A Red Bull fechou o Mundial de Construtores de 2019 com 417 pontos e a terceira posição. Max Verstappen conquistou as três vitórias do time, na Áustria, Alemanha e Brasil.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube