Com atualizações acumuladas, Mercedes planeja mudanças no W11 para Áustria

Diretor-técnico da equipe, James Allison citou os diversos planos do time para atualizar os carros após a parada forçada por conta da pandemia

A temporada 2020 da Fórmula 1 ainda não começou, mas isso não impede a Mercedes de pensar em atualizações no modelo W11, que busca a inédita façanha do sétimo título consecutivo no Mundial de Construtores.

Diretor-técnico da equipe, James Allison comentou em um vídeo no canal oficial da Mercedes sobre o planejamento de melhores ao novo bólido, que não entra na pista desde 28 de fevereiro, no último dia da pré-temporada da F1, em Barcelona.

“Ainda não fizemos uma corrida, mas já passou muito tempo desde que lançamos o carro. Se você pensar no lançamento e o carro que teria ido para a Austrália, aquilo foi congelado no natal”, disse Allison.

Mercedes em teste de pré-temporada em Barcelona (Foto: Sebastian Kawka/Mercedes)
Mercedes não perde um campeonato desde 2013 (Foto: Sebastian Kawka/Mercedes)

“Então, tivemos os meses de janeiro, fevereiro e março para fazer o carro mais rápido no túnel de vento e nos departamentos de design, por isso tivemos muitas ideias de como torná-lo mais rápido”, declarou.

Com o hexacampeão Lewis Hamilton ao lado de Valtteri Bottas, a Mercedes corre contra o tempo para introduzir as atualizações antes da primeira sequência de corridas da temporada. Serão oito etapas em dez semanas, com início na Áustria, no dia 5 de julho.

“Algumas destas ideias já estavam sendo processadas antes do fechamento forçado da fábrica. Nosso desafio agora é garantir que este quarto de ano em desenvolvimento saia do papel para o carro o mais rápido possível. Esperamos ter muito disso na nossa primeira corrida na Áustria, e a temporada que segue levará o desenvolvimento o mais rápido que pudermos para colocar o carro nos eixos”, completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube