Com bom histórico em Mônaco, Massa relembra pole de 2008 e diz: "Quero vencer o quanto antes"

Dono da pole-position no circuito monegasco cinco anos atrás, brasileiro da Ferrari tem dois pódios no Principado. Vivendo boa fase na carreira, Felipe elogia traçado da pista, mas alerta: "Você tem que pilotar no limite, mas não acima dele. O menor erro é castigado"

 
Felipe Massa jamais venceu em Mônaco, palco da sexta etapa da temporada 2013 da F1, que será disputada no próximo domingo (26). No entanto, o retrospecto do brasileiro no Principado é considerável: além da pole-position em 2008, são dois pódios (2007 e 2008), dois quartos lugares (2009 e 2010) e uma quinta posição (2004), quando ainda corrida pela Sauber. 
 
De volta à boa fase após um período de baixa, o piloto da Ferrari volta a Monte Carlo disposto a se reencontrar com seus melhores dias no tradicional traçado monegasco.
 
"Mônaco é um traçado muito especial, totalmente diferente de todos os demais lugares em que corremos. Você fica perto dos guard-rails a todo momento e tem que pilotar no limite, mas não acima dele, já que o menor erro é duramente castigado", admitiu. "É um circuito muito especial e correr lá é muito emocionante."
Após primeiro pódio do ano em Barcelona, Massa quer voltar a vencer (Foto: Getty Images)
icon_gp Decadente após 'canto do cisne', Williams se aproxima de pior início de ano
icon_gp Chefe afirma que parceria com Honda é garantia de sucesso no futuro
icon_gp Piloto mais regular de 2013, Räikkönen minimiza marca: "Não há mágica"
icon_gp Por menor desgaste, Pirelli prevê apenas dois pit-stops no GP de Mônaco

No grid atual, Felipe é um dos pilotos mais experientes na pista. Com dez participações, percorreu as estreitas curvas do Principado apenas menos vezes que Mark Webber (11), Fernando Alonso (11) e Jenson Button (13). Portanto, conhece bem as características peculiares da pista.

 
"Não acho que uma parte do circuito seja particularmente mais difícil que outra", explicou. "Todas as curvas são difíceis e há uma grande reta, então, para conseguir uma volta perfeita aqui, você deve fazer 100% cada curva."
 
"Em alguns traçados", prosseguiu, "se você comete um pequeno erro em uma curva, pode compensar em outra parte da volta. Mas em Mônaco, o mínimo erro pode te fazer perder muito tempo, e por isso esse lugar é fantástico para pilotar um carro de F1."
 
O brasileiro aproveitou para relembrar sua pole na edição de 2008 da prova. O F2008, carro utilizado por Massa naquela temporada, tinha excelente desempenho em todos os tipos de pista, e por muito pouco não levou o piloto ao título mundial.
 
"Estar na pole em Mônaco foi uma sensação incrível. Eu tinha um grande carro em 2008 e lutei pela vitória, mas infelizmente a corrida foi disputada sob chuva, e ocorreram tantas coisas que terminei em terceiro", recordou. 
 
"Os carros daquela época tinham mais carga aerodinâmica que os atuais, mas não acho que o fato de termos menos carga aerodinâmica agora vá mudar nosso foco na corrida. Acho que vamos estar muito bem em Mônaco, neste fim de semana, em parte porque o carro desse ano é muito mais estável que o do ano passado."
 
Por fim, Massa reafirmou que continua em busca de sua 12ª vitória na carreira – a última foi no GP do Brasil de 2008.
 
"Nosso objetivo deve ser terminar no pódio em todas as corridas, e, com certeza, o que realmente quero é conseguir uma vitória o quanto antes", concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube