F1

Com chassi e câmbio danificados, Magnussen larga do pit-lane após batida no Muro do Campeões

Kevin Magnussen avançou ao Q3, mas a batida forte na reta principal de Montreal acabou com os planos da Haas. A equipe se vê forçada a desmontar o carro do dinamarquês, que nem sequer alinha no grid de largada

Grande Prêmio / VITOR FAZIO, de Berlim

 
Kevin Magnussen não vai alinhar no grid do GP do Canadá. Por consequência dos danos profundos no carro #20 em batida no treino classificatório deste sábado (8), a Haas precisa fazer reparos que forçam o dinamarquês a largar do pit-lane.
 
Os principais problemas da Haas são o chassi e o câmbio, ambos danificados na batida dupla de Magnussen – primeiro no Muro dos Campeões, depois na mureta do pit-lane. A troca do câmbio era indiscutível, o que já forçaria Kevin a largar em 15º. E, de acordo com o chefe Guenther Steiner, optou-se por trocar o chassi por questões de segurança – e de estratégia.
 
“Precisamos mudar o chassi”, explicou Steiner. “Vamos largar do pit-lane, é óbvio. Precisamos mudar o câmbio, aí não faria sentido largar em algum lugar no fim do grid com um pneu C5 [macio]. O melhor jeito é a troca de chassi. Esse é o jeito mais rápido e fácil de fazer isso, e aí ir para o pit-lane”, seguiu.
O acidente de Magnussen (Foto: Reprodução)
“Eu simplesmente bati no muro, quebrei a suspensão traseira e aí fui estilingado contra o muro dos boxes na batida maior", recordou Magnussen. "Estávamos rápidos, eu fui ao Q3 e estava melhorando. Eu tentei tirar tudo do carro porque sabia que seria apertado. Eu acelerei um pouco cedo demais e tudo aconteceu depois disso. Lamento muito pela equipe, porque agora eles têm um trabalho grande por fazer", lamentou.

Assim, Magnussen larga com pneus novos, e não com pneus gastos – consequência de quem avançou ao Q3, mesmo sem participar da sessão.
 
Max Verstappen, assim, é promovido automaticamente para décimo após ser eliminado no Q2. Romain Grosjean, vítima do erro de Magnussen ao não fechar volta, sobe para 14º.
 
A pole-position do GP do Canadá é de Sebastian Vettel. O alemão surpreendeu ao desbancar Lewis Hamilton.

F1 2019, GP do Canadá, Montreal, Grid de largada:

1 S VETTEL Ferrari 1:10.240   22  
2 L HAMILTON Mercedes 1:10.446 +0.206 21  
3 C LECLERC Ferrari 1:10.920 +0.680 22  
4 D RICCIARDO Renault 1:11.071 +0.831 20  
5 P GASLY Red Bull Honda 1:11.079 +0.839 17  
6 V BOTTAS Mercedes 1:11.101 +0.861 19  
7 N HÜLKENBERG Renault 1:11.324 +1.084 21  
8 L NORRIS McLaren Renault 1:11.863 +1.623 20  
9 M VERSTAPPEN Red Bull Honda 1:11.800 +11.800 19  
10 D KVYAT Toro Rosso Honda 1:11.921 +11.921 15  
11 A GIOVINAZZI Alfa Romeo Ferrari 1:12.136 +12.136 12  
12 C SAINZ JR McLaren Renault 1:13.981 +2.910 17 P+3
13 A ALBON Toro Rosso Honda 1:12.193 +12.193 16  
14 R GROSJEAN Haas Ferrari     16  
15 S PÉREZ Racing Point Mercedes 1:12.197 +12.197 16  
16 K RÄIKKÖNEN Alfa Romeo Ferrari 1:12.230 +12.230 6  
17 L STROLL Racing Point Mercedes 1:12.266 +12.266 10  
18 G RUSSELL Williams Mercedes 1:13.617 +13.617 9  
19 R KUBICA Williams Mercedes 1:14.393 +14.393 10  
  K MAGNUSSEN Haas Ferrari     10 P
    Tempo 107% 1:15.157 +4.917    
             
REC S VETTEL Ferrari 1:10.240 08/06/2019    
MV R BARRICHELLO Ferrari 1:13.622 26/06/2004