Com dois carros na zona de pontuação na Hungria, Honda afirma: “Nossa temporada agora realmente começou”

Diretor-esportivo da Honda, Yasuhisa Arai avaliou que a temporada da Honda começou realmente na Hungria, quando Fernando Alonso e Jenson Button completaram a prova dentro do top-10. Dirigente contou que a fábrica nipônica não vai ter férias de verão e seguirá trabalhando para brigar na ponta da tabela da F1

O tumultuado GP da Hungria acabou sendo um ótimo fim de semana para a Honda. Na prova de Hungaroring, a McLaren conseguiu pontuar com seus dois pilotos, com Fernando Alonso recebendo a bandeirada na quinta colocação e Jenson Button na nona.
 
Satisfeita com a performance, a Honda acredita que a renovada parceria com a McLaren começou para valer no último fim de semana. 
Fernando Alonso conquistou um quinto lugar em Hungaroring (Foto: McLaren)
De volta à F1, a fábrica japonesa vive uma temporada difícil, marcada pela falta de performance do motor V6 turbo e dos muitos problemas de confiabilidade. Percorridas as dez primeiras provas do ano, a McLaren soma apenas 17 pontos, 366 a menos que a líder Mercedes, e aparece na nona colocação do Mundial de Construtores, à frente apenas da Manor Marussia.
 
Falando à publicação inglesa ‘Autosport’, Yasuhisa Arai, diretor-esportivo da Honda, avaliou que ter os dois carros no top-10 mostra que a temporada da Honda realmente começou.
 
“Nós temos dois carros na zona de pontuação pela primeira vez, então nossa temporada agora realmente começou”, disse Arai. “Uma força maior nos ajudou. Tivemos muita, muita sorte”, exaltou.
 
 Além disso, Arai se mostrou satisfeito com a performance do carro ao longo de todo o fim de semana, já que um problema elétrico com o carro de Alonso foi a única falha em Hungaroring.
 
“No sábado eu fiquei muito desapontado, mas no domingo teve uma mudança e nós tivemos uma situação muito boa”, contou Arai. “Fernando é um piloto fantástico, ótimo. O dia foi perfeito”, elogiou.
 
“Ao longo o fim de semana, os dados do motor estavam bons, apensar de termos tido um problema no sábado, mas depois foi perfeito”, seguiu.
 
Por fim, Arai afirmou que a Honda não terá férias, já que segue empenhada em melhorar a performance para brigar no topo da tabela da F1.
 
“Do lado do controle, as coisas estão muito boas, então vamos aplicar mais potência para Spa e Monza, ambos circuitos de potência”, explicou. “Nós queremos competir no topo, então temos de correr atrás”, ponderou.
 
“Nós não temos férias. Nós temos um bom verão, mas não férias. Nós ainda estaremos trabalhando duro”, contou. “Apesar do fechamento [das fábricas] para as equipes, nós ainda temos de trabalhar”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube