Com Giovinazzi à disposição, Sauber vai testar condições físicas de Wehrlein em treino livre na China, diz jornal

Caso Pascal Wehrlein não se sinta bem depois do primeiro treino livre em Xangai, Antonio Giovinazzi volta ao cockpit da Sauber. O jornal ‘La Gazzetta dello Sport’ revela que o piloto italiano vai estar na China, servindo como reserva

 
A Sauber prepara o retorno de Pascal Wehrlein com toda a cautela. O alemão, que perdeu o GP da Austrália por falta de preparo físico, consequência de uma lesão nas costas, está escalado para disputar o primeiro treino livre do GP da China normalmente. Mas, de acordo com o jornal italiano ‘La Gazzetta dello Sport’, a atividade vai ser um importante teste para Wehrlein: caso o alemão não se sinta apto para seguir pilotando, Antonio Giovinazzi vai regressar ao cockpit da equipe suíça.
 
A Ferrari topou liberar Giovinazzi, piloto reserva em Maranello, para mais um GP com a Sauber. Por precaução, o italiano vai passar o final de semana inteiro em Xangai, podendo resolver quando novo problema que os suíços tenham com Wehrlein.
Pascal Wehrlein vai ser avaliado em Xangai (Foto: Sauber F1 Team)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O principal problema de Wehrlein é completar 1h30 no cockpit de um carro de F1 – isso em uma temporada que passou a exigir ainda mais dos pilotos. “A lesão me colocou um passo atrás, e só agora eu estou chegando lá. Senti que estava tudo ok [nos treinos livres], mas não para completar a distância de uma corrida”, declarou Wehrlein em Melbourne.
 
Quando convocado, Giovinazzi fez um bom trabalho. Tanto na pré-temporada em Barcelona quanto no GP da Austrália, o italiano evitou erros e mostrou velocidade. No treino classificatório de Melbourne, Antonio quase superou o companheiro Marcus Ericsson. Na corrida, teve um dia tranquilo e terminou em um bom 12º lugar.
 
O GP da China será disputado neste final de semana, no domingo (9).
 
DEBATE QUENTE SOBRE AS ESTREIAS DE F1 E MOTOGP. ASSISTA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube