Com Grosjean perto da Haas, Vergne e Ocon lutam por segunda vaga na futura Renault, diz mídia europeia

O anúncio da permanência de Pastor Maldonado, na calada da noite cingapuriana, na equipe de Enstone em 2016, sugere mesmo a ida de Romain Grosjean para a norte-americana Haas. E surgem dois franceses como candidatos à sua vaga: Esteban Ocon e Jean-Éric Vergne

Tudo indica que a oficialização da compra da Lotus pela Renault é mera questão de formalidade e tempo. Na calada da noite do último domingo (20), em Cingapura, a equipe de Enstone anunciou a permanência de Pastor Maldonado para 2016, mas nada falou sobre Romain Grosjean, que está perto de fechar sua ida para a Haas. Desta forma, a imprensa europeia indica que ao menos dois franceses estão cotados para a vaga deixada pelo franco-suíço: Esteban Ocon, hoje ligado à Mercedes, e Jean-Éric Vergne, piloto de testes da Ferrari.

No comunicado emitido pela Lotus a respeito da renovação de Maldonado por mais um ano, Gerard López, o atual proprietário da equipe britânica disse: “Esperamos que possamos conseguir fazer anúncios positivos sobre a equipe num futuro próximo”, comentou o luxemburguês, enquanto aguarda pela definição sobre a venda para a Renault, que está muito perto de voltar ao grid da F1 como equipe.

Esteban Ocon é apontado pela 'Auto Motor und Sport' como um dos cotados para guiar pela futura Renault (Foto: World Series)

Rumores no paddock apontam para o fato de que Grosjean se cansou da indefinição sobre o futuro da Lotus e acabou por aceitar a oferta para ser o primeiro piloto da Haas, que vai fazer sua estreia na F1 em 2016. A equipe norte-americana também deve fechar com um dos reservas da Ferrari que, ao que tudo indica, é Esteban Gutiérrez. O mexicano, além da proximidade geográfica do seu país-natal com a Haas, também carrega muitos bons patrocinadores do grupo Telmex, do bilionário Carlos Slim.

Diretor-esportivo da Renault, Cyril Abiteboul falou ao Canal Plus francês sobre a situação de Grosjean e lamentou, embora não tenha dito de forma aberta sobre o futuro do seu atual piloto. “É uma pena. Talvez fosse apenas mesmo uma questão de tempo. Romain é um grande piloto, e ele merece uma grande equipe”, comentou.

De acordo com o jornal suíço ‘Blick’, a futura Renault aponta como favorito à vaga teoricamente deixada por Grosjean o francês Vergne. Dispensado da Toro Rosso na última temporada, o experiente piloto assumiu como um dos reservas da Ferrari e também disputa a F-E, indo para seu segundo campeonato a começar em outubro.

Já a revista alemã ‘Auto Motor und Sport’ vai na mesma linha do ‘Blick’ e diz que a Renault gostaria de contar com um piloto francês, e que Vergne é o favorito para a vaga e conta com o apoio de ninguém menos que Alain Prost, embaixador da marca. Entretanto, a publicação citou também o nome do talentoso Ocon, integrante do programa de desenvolvimento da Mercedes.

Uma vez que Mercedes e Renault estão abertas a assinar um acordo de colaboração a partir do ano que vem, Esteban pode fazer parte da nova formação da escuderia francesa da F1 no ano que vem como titular ou, na pior das hipóteses, como piloto reserva.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube