Com maior salário da F1, Alonso é 19º na lista da ‘Forbes’ dos 100 atletas mais bem pagos do mundo

A 'Forbes' divulgou na última quarta-feira (5) a lista dos 100 atletas mais bem pagos do mundo, com Fernando Alonso aparecendo na 19º colocação. Lista é liderada por Tiger Woods


A revista ‘Forbes’ divulgou na última quarta-feira (5) sua tradicional lista com os 100 atletas mais bem pagos do mundo. O ranking, que leva em conta a arrecadação anual dos esportistas entre salário, premiações, patrocínios e recursos provenientes de produtos licenciados, é liderado por Tiger Woods.
Alonso tem o melhor salário da F1 (Foto: Studio Colombo/Ferrari)
O astro do golfe, que liderou a lista por mais de uma década, voltou ao topo do top-100 depois de ter sido derrotado por Roger Federer no ano passado após perder cinco patrocinadores em 2011, em decorrência de escândalos sexuais. Woods venceu seis importantes competições nos últimos 12 meses, faturando um total de US$ 78,1 milhões (aproximadamente R$ 166,2 milhões).
 
O tenista suíço ficou com o segundo posto, acumulando R$ 152,1 milhões no último ano. Kobe Bryant aparece na sequência, à frente de LeBron James, Drew Brees, Aaron Rodgers, Phil Mickelson, David Beckham e Cristiano Ronaldo. Lionel Messi completa a lista dos dez mais ricos, com seus R$ 87,9 milhões.
 
Entre os atletas do esporte a motor, o que se encontra em melhor situação financeira é Fernando Alonso. O piloto da Ferrari acumulou US$ 30 milhões (cerca de R$ 63,8 milhões), o que o torna o piloto mais bem pago da F1 e o 19º na lista da Forbes. 
 
Com um salário de R$ 55,3 milhões, mais R$ 4,2 milhões de verbas extras, Lewis Hamilton aparece na 26ª colocação, bastante à frente do tricampeão Sebastian Vettel, o 89º. No último ano, o piloto da Red Bull arrecadou R$ 38,3 milhões.
Rossi aceitou uma redução de salário para voltar à Yamaha, mas não pode reclamar (Foto: Yamaha)
Quem também aparece no top-100 da Forbes é Valentino Rossi. Apesar dos dois anos difíceis na Ducati e da falta de grandes resultados em seu retorno à Yamaha, o italiano segue faturando alto e aparece na 51ª posição da lista, com um salário de R$ 25,5 milhões e outros R$ 21,2 milhões de extras. 
 
A lista conta ainda com dois brasileiros. O melhor classificado é Neymar, que faturou um total de R$43,6 milhões nos últimos 12 meses. Assim, o agora atacante do Barcelona ocupa a 68ª colocação, à frente de Kaká, que é o 79º. Apesar de estar na reserva, o meia da Real Madrid somou R$ 41 milhões.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube