Com McLaren nos pontos com dois carros em Baku, Sainz se empolga: “Mostramos do que somos capazes”

Carlos Sainz Jr. em sétimo e Lando Norris em oitavo. Pela primeira vez em 12 meses, a McLaren colocou dois carros na zona de pontuação. Para Sainz, que ainda estava zerado em 2019, é um momento de empolgação para a sequência do ano

O GP do Azerbaijão trouxe um resultado marcante para a McLaren. A equipe britânica pontuou com os dois carros neste domingo (28), algo que não acontecia desde a própria corrida de Baku do ano passado. Para Carlos Sainz Jr., sétimo na prova, ficou claro: a escuderia de Woking é capaz de voar mais alto.
 
“Finalmente não aconteceu nada estranho e mostramos do que somos capazes”, disse o espanhol. “Tudo correu bem. Depois de seis, sete voltas já estava onde queria, que era atacando o Pérez. O Checo [Pérez] parou para se proteger de nós. Tentamos segurar um pouco mais para ver se dava para fazer o overcut [ganhar posição nos boxes], mas não tínhamos mais pneu”, seguiu.
 
“Decidi poupar pneus para ver se poderia atacar, mas o Pérez renasceu no safety-car. Ele encontrou um ritmo que parecia não ter. No fim, não consegui ultrapassar”, comentou.
Carlos Sainz levou um honroso sétimo lugar para casa (Foto: McLaren)

Norris acompanhou Sainz, cruzando a linha de chegada em oitavo. O resultado é importante para a McLaren, que saltou para quarto no Mundial de Construtores, mas também tem significado especial para Carlos. O espanhol teve um começo de ano conturbado e ainda não havia pontuado.

 
“Baku sempre parece nos dar um pouco de otimismo antes de ir para Barcelona. Este ano, até aqui, estive confortável no carro. Fiz classificações muito boas, voltas muito boas e andei rápido, mas não conseguia trazer os resultados. Hoje não aconteceu nada e acabei com seis pontos”, encerrou.
 
Com o sétimo lugar, Sainz aparece em 12º no Mundial de Pilotos. Lando Norris, por sua vez, ocupar o nono lugar.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar