F1

“Com nada para provar e sem nada a perder”, Hamilton promete atacar no México e espera ‘sombrero’ no pódio

Agora que já é campeão, Lewis Hamilton pretende acionar o modo ‘show-man’. O inglês afirmou que o objetivo é colocar seu nome na história como o primeiro vencedor do GP do México da era moderna

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
De duas, uma: quem é campeão antecipado pode ou relaxar, ou correr para dar show. Lewis Hamilton fica com a segunda opção. O tricampeão mundial de F1 disse que o objetivo para o GP do México deste fim de semana é vencer — e, aí, ele torce para ganhar um tradicional ‘sombrero’ no alto do pódio.
 
Depois de ser campeão em 2008 e em 2014 na última corrida, desta vez Hamilton se permitiu um pouco mais de tranquilidade. Em Austin, com a 10ª vitória do ano, o inglês assegurou o caneco com três corridas de antecedência.
 
Agora é dar o show para os fãs.
Hamilton era apenas sorrisos depois de garantir o tricampeonato (Foto: Getty Images)
“Eu posso atacar nas três últimas corridas com nada para provar e sem nada a perder, então o objetivo é absolutamente colocar meu nome como o primeiro vencedor do GP do México da era moderna. E, depois do chapéu de Ushanka que tivemos no pódio na Rússia e daqueles chapéus de cowboy na América, estou definitivamente esperando por um enorme ‘sombrero’ se chegar ao pódio”, declarou o britânico.
 
Hamilton destacou também que espera por uma atmosfera insana por parte dos torcedores, como se acostumou a encontrar no GP do Brasil.
 
“A F1 sempre correu na América do Sul, com o GP do Brasil, desde que estou na F1, e a atmosfera lá é insana. Além disso, vimos milhares de fãs mexicanos em Austin todos os anos. Se servirem como referência, o público vai ser fantástico, então estou bem ansioso por vê-los fazendo muito barulho”, acrescentou.
 
O México, é claro, faz parte da América Latina, e provavelmente foi essa a comparação que Hamilton quis fazer com o Brasil. Geograficamente, o país está localizado na América do Norte. As atividades de pista no Autódromo Hermanos Rodríguez têm início na sexta-feira. A corrida vai ser no domingo à tarde.