Com Netflix em Sóchi, Mercedes recorda 2019 e torce por “boa corrida e bom conteúdo”

O GP da Alemanha de 2019 rendeu bom episódio em Drive to Survive, mas porque deu tudo errado para a Mercedes. Um ano depois, a escuderia volta a receber a equipe da Netflix

A Mercedes rendeu um dos episódios mais marcantes da segunda temporada de Drive to Survive, com a equipe do Netflix acompanhando em detalhes a atuação catastrófica de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas no GP da Alemanha de 2019. Um ano se passou e as câmeras voltam a focar na escuderia, agora no GP da Rússia. O chefe Toto Wolff quer ajudar a criar bom conteúdo, mas preferencialmente por conta de uma corrida positiva.

“O GP da Rússia é também a corrida em que a Netflix vai acompanhar nossa equipe para a terceira temporada de Drive to Survive”, disse Wolff em comunicado da Mercedes. “Eles nos acompanharam em Hockenheim ano passado, quando celebramos nossa corrida em casa e nossos 125 anos de automobilismo”, seguiu. 

Tudo deu errado para a Mercedes na Alemanha em 2019 (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Acabou sendo nossa pior corrida no ano. Isso rendeu um episódio muito empolgante para o Netflix, mas esse ano espero ter bom conteúdo e também uma boa corrida”, recordou.

A Netflix vai acompanhar a Mercedes como um todo, mas o foco de verdade é em Lewis Hamilton. O GP da Rússia é a primeira chance do britânico de igualar o recorde de vitórias na Fórmula 1, hoje pertencente a Michael Schumacher. O alemão acumula 91 triunfos, enquanto o britânico chegou a 90 em Mugello.

Se depender do histórico da Mercedes em Sóchi, Hamilton tem boas chances. A equipe venceu todas as corridas realizadas na pista, presente no calendário desde 2014. Em contrapartida, o companheiro Valtteri Bottas é dono de bom retrospecto em solo russo e tem chances de surgir mais forte do que de costume.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube