F1

Com novo recorde de Abu Dhabi, Hamilton brilha de novo e crava última pole da temporada 2018

Na noite de Abu Dhabi, Lewis Hamilton garantiu a pole-position 83 da sua carreira. O pentacampeão fez uma volta magistral para partir na posição de honra, com Valtteri Bottas ao seu lado na primeira fila. Sebastian Vettel parte em terceiro. Na corrida do seu adeus, Fernando Alonso vai largar em 15º
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 Lewis Hamilton (Foto: Mercedes)


Lewis Hamilton vai terminar a temporada 2018 do jeito que começou: largando na pole-position. Com direito a novo recorde de Yas Marina, o pentacampeão do mundo venceu uma luta bastante apertada pela posição de honra da última prova do campeonato e triunfou na batalha travada com seu grande rival nos últimos anos, Sebastian Vettel, e também com Valtteri Bottas.. Na noite deste sábado (24), o britânico viu novamente sua estrela brilhar com uma votla excepcional: 1min34s794.

Na sua tentativa final de volta rápida, o finlandês conseguiu segurar a primeira fila para a Mercedes e vai sair em segundo, com Vettel fechando o top-3 do grid com a Ferrari. Kimi Räikkönen fecha a fila toda formada pela Ferrari no seu adeus à equipe italiana, enquanto Daniel Ricciardo, na sua despedida da Red Bull, vai partir em quinto, ao lado de Max Verstappen. Romain Grosjean foi o 'melhor do resto', comprovando a performance bastante consistente em todo o fim de semana com a Haas, saindo da sétima posição.

Charles Leclerc, um dos destaques desta noite em Abu Dhabi, larga em nono, seguido pela Force India de Esteban Ocon, enquanto Nico Hülkenberg completa o top-10. E Fernando Alonso, naquela que pretende ser sua última corrida no Mundial de F1, foi eliminado no Q2 e vai partir em 15º.

A largada do GP de Abu Dhabi de F1 está marcada para 11h10 (horário brasileiro de verão). O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana do GP de Abu Dhabi, o último da temporada 2018 da F1. Siga tudo aqui.
Lewis Hamilton fecha a temporada 2018 largando na pole do GP de Abu Dhabi (Foto: Mercedes)
Saiba como foi o treino classificatório do GP de Abu Dhabi de F1


Q1: Leclerc dá novo show; Vettel lidera e Alonso escapa da 'degola'

Perto de dar adeus à F1, Fernando Alonso foi o primeiro a deixar os boxes para abrir volta rápida, sendo seguido pelos outros carros. Mas quem pulou para a ponta do Q1 nos minutos iniciais foi a Ferrari. Primeiro, com Kimi Räikkönen, que anotou 1min37s010. Em seguida, Sebastian Vettel foi o primeiro piloto a andar abaixo de 1min37s no fim de semana ao cravar 1min36s946. Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, também com os pneus hipermacios, virou 0s076 mais lento que Vettel na sua primeira passagem e Valtteri Bottas veio logo atrás, em quarto, mas 0s373 atrás do líder. 

As Red Bull também estavam perto da ponta. Daniel Ricciardo passou em quarto, com Max Verstappen logo atrás, os dois superando o tempo de Bottas. Romain Grosjean e Nico Hülkenberg também conseguiam desempenhar boas voltas e se colocavam no grupo dos dez primeiros, assim como Carlos Sainz e Charles Leclerc. E Vettel melhorava sua marca para 1min36s775.
Charles Leclerc fez volta grandiosa no fim do Q1 em Yas Marina (Foto: Sauber)
A dupla da Mercedes ainda fez mais uma tentativa de volta rápida. Bottas não apenas melhorou bem seu tempo, como passou Hamilton com 1min36s789, só 0s014 atrás de Vettel. Lewis vinha 0s053 atrás. De fato, a luta pela pole tinha tudo para ser muito parelha. Esteban Ocon surpreendia com o quarto tempo. E quem fazia grandiosa volta também era Leclerc, que fez com a Sauber a melhor parcial nos dois primeiros setores e perdeu um pouco no fim, subindo para sétimo, com somente 0s349 de diferença para o alemão da Ferrari, seu futuro companheiro de equipe. 

Alonso escapou da eliminação por pouco e se colocou em 14º lugar. Brendon Hartley ficou fora do Q2, assim como o parceiro Pierre Gasly, que encostou seu carro na área de escape, com problemas. Stoffel Vandoorne, Sergey Sirotkin e Lance Stroll também ficaram pelo caminho.


Q2: Hamilton crava novo recorde da pista; Leclerc brilha de novo

Os 15 pilotos classificados para o Q2 foram para a pista quase todos de uma vez. A Mercedes escolheu os pneus ultramacios para Hamilton e Bottas para as primeiras tentativas de voltas rápidas. E foi com os compostos roxos que o pentacampeão quebrou o recorde de Yas Marina, que pertencia ao seu companheiro de equipe: o britânico cravou 1min35s693. Ferrari e Red Bull também optaram pelos ultramacios no início do Q2.

Vettel, na sua primeira tentativa, deixou o carro escapar na curva 20 e raspou o assoalho do carro na 'salsicha', ficando a mais de 1s atrás de Hamilton. Räikkönen aparecia em terceiro, enquanto Ricciardo vinha em quinto. Já Verstappen não conseguiu acertar uma boa volta com os ultramacios e estava apenas na décima posição. Carlos Sainz, Leclerc, Grosjean e Hülkenberg também figuravam entre os dez mais rápidos.
Max Verstappen só conseguiu passar para o Q3 na última tentativa (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Ainda restava tempo para mais uma volta rápida. Leclerc brilhou de novo com os hipermacios e conseguiu se colocar em terceiro com 1min36s580, um tempo excepcional. Na sequência, Vettel superou o futuro companheiro de equipe e melhorou seu tempo, mas com os ultramacios. O alemão chegou a estar em segundo, que virou terceiro depois que Verstappen anotou 1min36s144, mas com os hipermacios.

Pérez e Alonso foram eliminados do Q2, assim como Marcus Ericsson, Carlos Sainz e Kevin Magnussen. 

Q3: com novo recorde, Hamilton fecha temporada com pole em Yas Marina

Hamilton despontava com ligeiro favoritismo na luta pela pole por conta do sólido desempenho e do recorde estabelecido no Q2. E o recorde caiu de novo logo na sua primeira volta na fase decisiva da sessão com 1min36s295. Bottas emendou a dobradinha momentânea da Mercedes com volta 0s124 mais lenta que a do pentacampeão. Mas Vettel tomou do finlandês a segunda colocação e ficou apenas 0s057 atrás do rival.

Ricciardo foi outro que fez um belo tempo, superou Ricciardo e se colocou em quarto lugar, enquanto Verstappen vinha em sexto. Apenas 0s294 separavam os pilotos das equipes de ponta do grid. Mais atrás, Grosjean era o sétimo colocado, o líder da chamada 'F1 B'. 

Na última tentativa, além de Hamilton e Vettel, Bottas apareceu muito bem. Os três conseguiram baixar suas parciais e mostraram ter condições de buscar o melhor tempo. Mas Lewis foi absolutamente perfeito quando quebrou de novo o recorde de Yas Marina ao estabelecer 1min34s794. Na batalha por um lugar na primeira fila, o finlandês foi ligeiramente mais rápido que Vettel e conseguiu a dobradinha da Mercedes, com o tetracampeão largando logo atrás, em terceiro.

F1, GP de Abu Dhabi, Treino de Classificação, Resultado Final:

1 L HAMILTON Mercedes   1:34.794  
2 V BOTTAS Mercedes   1:34.956 +0.162
3 S VETTEL Ferrari   1:35.125 +0.331
4 K RÄIKKÖNEN Ferrari   1:35.365 +0.571
5 D RICCIARDO Red Bull Tag Heuer   1:35.401 +0.607
6 M VERSTAPPEN Red Bull Tag Heuer   1:35.589 +0.795
7 R GROSJEAN Haas Ferrari   1:36.192 +1.398
8 N HÜLKENBERG Renault   1:36.237 +1.443
9 C LECLERC Sauber Ferrari   1:36.540 +1.746
10 E OCON Force India Mercedes   1:36.542 +1.748
11 C SAINZ JR Renault   1:36.982 +2.188
12 M ERICSSON Sauber Ferrari   1:37.132 +2.338
13 K MAGNUSSEN Haas Ferrari   1:37.309 +2.188
14 S PÉREZ Force India Mercedes   1:37.541 +2.747
15 F ALONSO McLaren Renault   1:37.743 +2.949
16 B HARTLEY Toro Rosso Honda   1:37.994 +3.200
17 P GASLY Toro Rosso Honda   1:38.166 +3.372
18 S VANDOORNE McLaren Renault   1:38.577 +3.783
19 S SIROTKIN Williams Mercedes   1:38.635 +3.841
20 L STROLL Williams Mercedes   1:38.682 +3.888
           
REC L HAMILTON Mercedes   1:34.794 24/11/2018
MV S VETTEL Red Bull Renault   1:40.279 01/11/2009