Com quase R$ 200 milhões por ano, Hamilton encabeça lista de salários da Fórmula 1

Pentacampeão mundial e líder na disputa pelo sexto título, Lewis Hamilton também é o piloto mais bem pago da Fórmula 1, segundo o livro Business Book GP 2019. Vettel, Ricciardo, Verstappen e Hülkenberg completam o top-5

Pentacampeão mundial, Lewis Hamilton também é o piloto mais bem pago da Fórmula 1. O 'Business Book GP 2019', livro independente que publica bastidroes da categoria, divulgou os salários anuais dos 20 pilotos do grid.
 
Hamilton lidera a lista com R$ 182,28 milhões por ano. O piloto da Mercedes é o primeiro colocado do Mundial de Pilotos. Tetracampeão, Sebastian Vettel, da Ferrari vem logo atrás, com R$ 151.862 milhões. Daniel Ricciardo, da Renault, e Max Verstappen, da Red Bull, estão atrás, completando a lista dos que faturam mais de 50 milhões por ano.
 
Nico Hülkenberg é o quinto colocado, recebendo os mesmos R$ 34,710 milhões de Valtteri Bottas. Além de ficar nas últimas posições nas corridas, George Russell, da Williams, também é um dos últimos na lista do dinheiro, com R$ 2,17 milhões, mesmo salário de Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo.

Confira a lista completa:

F1 2019, salários por piloto (valores em milhões de R$):

1 L HAMILTON 182,28
2 S VETTEL 151,9
3 D RICCIARDO 86,8
4 M VERSTAPPEN 52,08
5 N HÜLKENBERG 34,72
6 V BOTTAS 34,72
7 K RÄIKKÖNEN 26,04
8 S PÉREZ 17,36
9 C SAINZ JR 17,36
10 C LECLERC 13,02
11 K MAGNUSSEN 8,68
12 R GROSJEAN 8,68
13 L STROLL 6,51
14 P GASLY 6,51
15 R KUBICA 4,34
16 A ALBON 3,25
17 D KVYAT 3,25
18 L NORRIS 3,03
19 G RUSSELL 2,17
20 A GIOVINAZZI 2,17
 
Paddockast #23
Lágimas em Le Mans

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube