Com recorde de abandonos seguidos, Alonso vai à Inglaterra prevendo outro fim de semana difícil para McLaren

Sem completar uma corrida na temporada desse o longínquo GP do Bahrein, em abril, Fernando Alonso parte para Silverstone com a dura missão de levar a McLaren a um fim de semana positivo. No entanto, o bicampeão do mundo acredita que o GP da Inglaterra não será nada favorável ao MP4-30

Já se vão quase dois meses desde que Yasuhisa Arai, chefe de esportes a motor da Honda, previu que a McLaren chegaria ao GP da Inglaterra em condições de lutar pelo pódio. Mas a realidade, sobretudo depois das últimas corridas do Mundial, indica um prognóstico difícil para Silverstone. Fernando Alonso, que volta ao circuito britânico como piloto da McLaren, acredita que as características de média-alta velocidade do traçado não são favoráveis ao McLaren Honda MP4-30. Por isso, o bicampeão entende que será um fim de semana no mínimo desafiador, algo que vem sendo a tônica nas últimas provas: afinal, Alonso chega à Inglaterra com um incômodo recorde pessoal de quatro abandonos consecutivos.

A última prova em que viu a bandeirada foi no distante GP do Bahrein, quarta etapa do campeonato, realizada ainda em abril. Em Barcelona, Mônaco e no Canadá, Fernando não completou devido a problemas mecânicos no seu carro, enquanto na Áustria o piloto de 33 anos foi abalroado pela Ferrari de Kimi Räikkönen ainda na primeira volta da disputa.

A título de comparação, o recordista de abandonos consecutivos na F1 é Andrea de Cesaris, que emendou 22 entre os GPs da Austrália de 1986 e do Canadá, em 1988.

Apesar do relativo otimismo após os testes na Áustria, Alonso prevê outro fim de semana complicado para a McLaren (Foto: AP)

Fernando, que já venceu duas vezes em Silverstone, não escondeu seu apreço pelo circuito, mas entende que viverá uma jornada complicada no fim de semana, mesmo carregado de otimismo depois de um dia de testes coletivos sem muitos problemas na Áustria, na semana passada. Entretanto, o asturiano provavelmente terá de enfrentar nova punição por troca de motor, já que sua unidade de potência foi danificada justamente na batida com Kimi na Áustria.

“Silverstone é uma corrida especial para a equipe e é um circuito fantástico para guiar. É um dos mais rápidos do calendário, de modo que não será um dos mais fáceis para o nosso carro, mas vamos olhar para a frente durante todo o fim de semana para tirar o melhor de cada momento”, declarou o piloto.

“O acidente com Räikkönen na Áustria foi um tremendo revés, mas rapidamente nos esquecemos disso com os testes na mesma pista, e esses dias teremos muito apoio das arquibancadas”, acrescentou.

“Gosto demais de guiar aqui, já venci duas vezes, em 2006 e 2011, e tenho grandes lembranças. É uma pista incrível para os pilotos porque tem curvas de alta e média velocidade. Ainda, o clima é imprevisível. Sabemos que será um fim de semana desafiador, mas vamos dar tudo o que é possível em cada sessão para dar ao nosso fã o melhor espetáculo possível”, comentou.

“Vamos a Silverstone com otimismo depois de dois dias positivos de testes na Áustria. Ficamos ocupados analisando toda a informação que colhemos naqueles testes, e isso foi bem satisfatório. Agora seguiremos aprendendo com o que vamos levar ao circuito britânico, olhando para a frente. Foi uma sessão positiva porque superamos a barreira das 100 voltas no segundo dia, e estou muito motivado para seguir lutando nos próximos GPs antes das férias de verão”, encerrou o bicampeão do mundo.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube