Com “sorte” em escapar de acidente, terceiro colocado Vettel ressalta dificuldade nas retas: “É com isso que temos lutado”

Sebastian Vettel parabenizou a Renault por primeira vitória na nova era dos motores da F1, mas reforçou que trabalho tem de continuar, pois carros com motor Mercedes ainda levam muita vantagem em algumas situações

A cobertura completa do GP do Canadá no GRANDE PRÊMIO
icone_TV Automobilismo na TV: a programação do fim de semana
As imagens do domingo de F1 no Canadá

Sebastian Vettel largou em terceiro, terminou em terceiro e viu do lugar mais baixo a Red Bull voltar a dar as cartas num pódio da F1. Dessa vez, o alemão foi apenas coadjuvante num dia de sorrisos e festa para o vencedor de primeira viagem Daniel Ricciardo.

 
O tetracampeão mundial tomou a segunda colocação de Lewis Hamilton logo nos primeiros metros, ao se aproveitar de uma dividida entre as duas Mercedes que viu Hamilton escapar do traçado. Seu posto durou até a rodada inicial de paradas nos boxes, quando acabou atrás das duas Force India, que optaram por permanecer. Na última parte do GP do Canadá, se mantinha no trenzinho dos primeiros colocados, atrás de Nico Rosberg, Sergio Pérez, Ricciardo e à frente de Felipe Massa. Se aproveitou das falhas nos freios da Force India de Pérez e acabou conseguindo se sair com um pódio.
 
Vettel parabenizou a Renault pela primeira vitória na nova F1, mas voltou a ressaltar que a evolução precisa seguir, algo comprovado por sua dificuldade em passar pelos carros de motor Mercedes.
 
"Foi difícil para a gente o tempo todo, ficando presos atrás da Force India. Não estávamos rápidos o bastante nas retas. Faltou potência", disse.
E Vettel jorra champanhe no companheiro vitorioso: primeira vitória da Red Bull no ano (Foto: Getty Images)
"É a primeira vitória para a Renault nessa nova era de motores, mostrando sua boa recuperação. Mas ainda há muito trabalho a ser feito para alcançar a Mercedes, especialmente nas retas. Depois da primeira parada, até eu chegar ao Nico, minha corrida estava basicamente terminada. Não teve como passar, os carros de motor Mercedes estavam rápidos demais e nós estávamos com problemas defendendo as Williams", contou.
 
"No fim da corrida, tive sorte de capitalizar dos problemas de freio do Pérez, que me permitiram ficar mais perto nas retas e ultrapassar. Mas deu para ver que mesmo eu estando com a asa aberta e ele não, seu carro ainda tinha alguma vantagem. É com isso que temos lutado", seguiu.
 
O piloto da Red Bull ainda foi coadjuvante de outro evento importante da corrida: a batida entre Massa e Pérez. Por pouco a Williams do brasileiro não acertou em cheio o carro #1.
 
"Eu vi que eles estavam perto um do outro, vi pelo retrovisor que alguma coisa branca vinha vindo e abri o carro, virei para a direita e Felipe estava no ar passando por mim. Eu tive bastante sorte e vi no momento certo", relatou.
 
Agora, Vettel é quinto colocado no campeonato, com 60 pontos contra 79 do companheiro, que ocupa a terceira colocação. A F1 volta na casa da Red Bull, a Áustria, exatamente na Red Bull Ring. A corrida acontece em 22 de junho. 

Quer ter o prazer de guiar uma Ferrari e assistir ao GP da Itália em Monza?

Clique e saiba dos detalhes do pacote GRANDE PRÊMIO pelo e-mail

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube