F1

Com top-4 separado por 0s25, Ricciardo desbanca Hamilton no segundo treino e fecha sexta-feira na frente no México

O segundo treino livre do GP do México refletiu de forma mais cristalina o equilíbrio de forças deste fim de semana. Ao menos até agora. Com pneus ultramacios, Red Bull, Mercedes e Ferrari andaram muito próximas, com vantagem para os taurinos e Daniel Ricciardo, o novo recordista do Autódromo Hermanos Rodríguez. Sebastian Vettel foi o quarto colocado

Warm Up, do Hermanos Rodríguez / FERNANDO SILVA, de Sumaré

A supremacia exibida pela Mercedes no treino inaugural do fim de semana do GP do México foi apenas ilusória. Ao menos na segunda sessão nesta sexta-feira (27) no lotado Autódromo Hermanos Rodríguez, o equilíbrio de forças deu o tom, com Mercedes, Ferrari e Red Bull andando com tempos muito próximos, sobretudo com os pneus ultramacios. E entre os seis mais rápidos, destaque para Daniel Ricciardo. Por uma pequena margem, de apenas 0s131, o australiano cravou o novo recorde do autódromo mexicano, em 1min17s801, e fechou o dia na frente, seguido por um Lewis Hamilton que também se mostrou forte, mas longe de sobrar como já foi visto em outras sextas-feiras de treinos da F1. Max Verstappen comprovou o bom desempenho taurino e completou o top-3 da tarde.

Sebastian Vettel, que teve de lidar com um inusitado incidente ao ver o extintor de incêndio disparar dentro do carro, foi o quarto colocado, ficando apenas 0s250 atrás de Ricciardo. Kimi Räikkönen, com a outra Ferrari, completou a relação dos cinco primeiros, enquanto Valtteri Bottas novamente ficou atrás dos seus pares e foi o sexto com o Mercedes #77. O 'melhor do resto' foi Fernando Alonso, que alcançou um tempo muito bom na comparação com os líderes. O bicampeão do mundo ficou a apenas 0s707 da marca de Ricciardo. Sergio Pérez, dono da casa, foi o oitavo, seguido por Nico Hülkenberg e Esteban Ocon. Felipe Massa marcou o 12º tempo do dia.

A F1 retoma as atividades de pista na manhã deste sábado, horário local, às 13h (de Brasília) com a execução do terceiro treino livre. Em seguida, acontece a definição do grid de largada, marcada para 16h, sempre com transmissão ao vivo pelo canal por assinatura SporTV. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO, em TEMPO REAL e ‘in loco’, com a jornalista Evelyn Guimarães, todo o fim de semana do GP do México de F1 no Autódromo Hermanos Rodríguez.
Daniel Ricciardo marcou o melhor tempo do dia e mostrou a força da Red Bull no México (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Saiba como foi o segundo treino livre do GP do México de F1

O segundo treino livre começou com a volta dos titulares Romain Grosjean, Marcus Ericsson, Pierre Gasly e Esteban Ocon aos seus respectivos carros. E foi logo um deles, Grosjean, quem perdeu o controle da Haas e rodou na entrada da antiga Peraltada depois que o pneu traseiro esquero delaminou, danificando peças aerodinâmicas como os sidepods e a asa dianteira. Por conta dos vários detritpos da pista, a direção de prova acionou a bandeira vermelha com apenas sete minutos de sessão. Romain não voltaria mais à pista nesta sexta-feira.

Antes da paralisação, Magnussen tinha o melhor tempo, 1min21s669, seguido por Brendon Hartley, da Toro Rosso. Mas era ainda o começo do treino, que voltou às 14h14 locais (17h14 de Brasília). Com a bandeira verde, Stoffel Vandoorne, que sequer marcou tempo no treino da manhã, voltou a enfrentar problemas na sua McLaren. E de novo problemas no motor, que já foi trocado após as falhas apresentadas no primeiro treino.

Enquanto Fernando Alonso subia para a liderança com 1min19s135, Hamilton rodava em alta velocidade com sua Mercedes no miolo do circuito, entre os esses do Hermanos Rodríguez. Efeitos da falta de aderência do asfalto. O tricampeão do mundo conseguiu controlar o carro e evitou a batida, mas voltou imediatamente aos boxes com os pneus dianteiros bem desgastado. Pouco depois, Verstappen, ainda com os pneus macios, desbancava Alonso, enquanto Vandoorne finalmente conseguia acelerar sua McLaren.
Lewis Hamilton roda em alta velocidade antes da sua primeira volta rápida (Foto: Reprodução)
Quem também tinha problemas era Vettel. O tetracampeão reclamava que algo estava queimando dentro da sua Ferrari. O alemão se arrastava até os boxes para verificar o que de fato tinha acontecido. Assim que Seb desceu do carro, ficou claro que o extintor havia estourado. Sem ter nada com isso, Ricciardo subia para primeiro e completava a dobradinha da Red Bull. Räikkönen vinha em terceiro, e os três primeiros tinham os melhores tempos feitos com pneus macios.

Enquanto Vettel acompanhava tudo dos boxes, Hamilton voltava à pista para finalmente fazer suas primeiras voltas rápidas à tarde. Sem precisar fazer muito esforço, o virtual campeão do mundo cravou 1min18s077, 0s409 mais rápido que seu companheiro de equipe para colocar a Mercedes na frente. O britânico calçava pneus ultramacios. Quanto a Bottas, durante uma das suas voltas, uma peça se soltou do carro no fim da reta dos boxes.
A cena inusitada da tarde: extintor de incêndio explode dentro do carro de Vettel (Foto: Reprodução)

Em seguida, mesmo reclamando de perda de potência, Hamilton conseguiu melhorar seu tempo ao andar abaixo de 1min18s. Com 1min18s769, Lewis ampliava sua vantagem. era a senha para que Ferrari e Red Bull liberassem seus pilotos à pista com os ultramacios. E a mesma Ferrari providenciava a troca do extintor após o problema sofrido por Vettel antes de autorizar seu novo stint, também com os ultramacios. Massa, por sua vez, pulava para oitavo lugar.

A Red Bull se mostrou muito forte quando Ricciardo superou Hamilton e se colocou na liderança do treino com 1min17s801. Verstappen também vinha muito bem e figurava em terceiro, seguido por Räikkonen. E Vettel, depois de escapar da pista na sua primeira tentativa de volta rápida, conseguia encaixar um bom tempo. É verdade, acabou perdendo tempo depois de ter feito a primeira melhor parcial da pista, mas se colocou em terceiro, 0s250 atrás de Ricciardo. Terceiro que virou quarto depois que Verstappen o superou novamente. Mas era um treino pra lá de equilibrado.

Coom 35 minutos para o fim do treino, Fernando Alonso voltava a se destacar e subia para sétimo lugar com 1min18s508, apenas 0s707 do melhor tempo da tarde até então. Foi um dos últimos bons tempos do dia no México, já que as equipes seguiam a programação de trabalhar em simulação de corrida. Nos últimos minutos, Verstappen queixou-se de "coisas estranhas" no seu motor, o que o forçou a encerrar prematuramente sua jornada na sessão, preferindo poupar forças para o restante das atividades do fim de semana.

F1 2017, GP do México, Hermanos Rodríguez, treino livre 2: 

1   3 Daniel RICCIARDO AUS Red Bull Tag Heuer 1:17.801   26
2   44 Lewis HAMILTON ING Mercedes 1:17.932 +0.131 40
3   33 Max VERSTAPPEN HOL Red Bull Tag Heuer 1:17.964 +0.163 17
4   5 Sebastian VETTEL ALE Ferrari 1:18.051 +0.250 35
5   7 Kimi RÄIKKÖNEN FIN Ferrari 1:18.142 +0.341 40
6   77 Valtteri BOTTAS FIN Mercedes 1:18.299 +0.498 43
7   14 Fernando ALONSO ESP McLaren Honda 1:18.508 +0.707 26
8   11 Sergio PÉREZ MEX Force India Mercedes 1:18.728 +0.927 41
9   27 Nico HÜLKENBERG ALE Renault 1:18.775 +0.974 19
10   31 Esteban OCON FRA Force India Mercedes 1:18.822 +1.021 42
11   55 Carlos SAINZ FRA Renault 1:19.060 +1.259 30
12   19 Felipe MASSA BRA Williams Mercedes 1:19.206 +1.405 37
13   28 Brendon HARTLEY NZL Toro Rosso Renault 1:19.423 +1.622 40
14   18 Lance STROLL CAN Williams Mercedes 1:19.524 +1.723 42
15   2 Stoffel VANDOORNE BEL McLaren Honda 1:19.844 +2.043 32
16   94 Pascal WEHRLEIN ALE Sauber Ferrari 1:20.306 +2.505 38
17   20 Kevin MAGNUSSEN ITA Haas Ferrari 1:20.318 +2.517 35
18   9 Marcus ERICSSON SUE Sauber Ferrari 1:20.362 +2.561 38
19   10 Pierre GASLY FRA Toro Rosso Renault 1:21.745 +3.944 10
20   8 Romain GROSJEAN FRA Haas Ferrari 1:25.526 +7.725 3
          Tempo 107% 1:23.247 +5.446  
                 
Recorde Daniel RICCIARDO AUS Red Bull Tag Heuer 1:17.801 27/10/2017  
Melhor volta Nico ROSBERG ALE Mercedes 1:20.521 01/11/2015  

VIGIAR E PUNIR

COM GALID OSMAN, PADDOCK GP #101 QUESTIONA: VERSTAPPEN MERECEU PUNIÇÃO EM AUSTIN?