Comissão Europeia anuncia investigação de ajuda financeira ao circuito de Nürburgring

A Comissão Europeia afirmou que está investigando a ajuda financeira que a pista de Nürburgring recebeu. De acordo com a comissão, a ajuda fere as leis do mercado, já que a pista não consegue se manter sem refinanciamento contínuo

O futuro de Nürburgring continua incerto. Nesta quarta-feira (8), a Comissão Europeia anunciou que vai investigar a ajuda financeira dada pelo governo alemão à tradicional pista. O circuito anunciou falência, no início do ano, e recebeu apoio financeiro da administração local para evitar a quebra das empresas envolvidas.

No entanto, a Comissão Europeia desconfia que essa ajuda fere a legislação da Europa, já que Nürburgring não tem condições de se manter viável sem um refinanciamento contínuo.

Nurburgring pode ficar fora da F1 (Foto: Red Bull)

“Nesta fase, a Comissão tem dúvidas de que as medidas foram concedidas em termos de mercado e que as empresas são viáveis sem apoio estatal contínuo. A extensão de uma investigação profunda dá a terceiros a oportunidade de comenta sobre novas medidas em avaliação, mas não prejudica o resultado da investigação”, informou.

Outro problema apontado pela Comissão Europeia é o fato de a pista espanhola já ter recebido dinheiro do governo na crise anterior, em 2008, sendo que a legislação europeia impede dois resgates semelhantes em um período de dez anos.

“A Comissão está preocupada de que Nürburgring já fosse uma companhia com dificuldades em 2008, quando recebeu a ajuda anterior. Devidos aos seus efeitos de distorção, o resgate de uma empresa em dificuldades só pode ser concedido uma vez em um período de dez anos. A Comissão agora vai investigar se essas intervenções públicas estão de acordo com as regras da União Europeia”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube