Comissário revela indignação de Hamilton após punição em Monza: “Por que tão pesada?”

Lewis Hamilton liderava o GP da Itália até ser punido com um stop-and-go de 10 segundos e cair para o fim do pelotão. E o inglês aproveitou uma bandeira vermelha para visitar a sala dos comissários e entender o motivo da punição

O GP da Itália de 2020 parecia uma fácil vitória de Lewis Hamilton. Tranquilo na liderança, o inglês fez o pit-stop para trocar pneus após o safety-car que entrou pelo carro de Kevin Magnussen em local perigoso. Neste momento, porém, a situação mudou e o piloto da Mercedes foi punido com dez segundos parado nos boxes por entrar no pit lane fechado mais cedo. No fim, ficou apenas com a sétima posição.

Garry Connelly, comissário de provas da Fórmula 1, revelou uma conversa que teve com Hamilton durante a bandeira vermelha do GP da Itália. Já informado da punição, o piloto foi tirar satisfações e saber o motivo de uma penalização tão dura.

“Lewis subiu na scooter durante a bandeira vermelha, foi até nossa direção e nos visitou na sala de comissários. Usava uma máscara, o que é ótimo, pois todos nós usávamos no local. Foi extremamente eduçado e apenas perguntou: ‘Pessoal, vocês podem me dizer o motivo da punição?’. E nós falamos: ‘Sim, foi por entrar nos boxes fechados'”, comentou Connelly em um treinamento de comissários da FIA na última semana.

F1; FÓRMULA 1; MERCEDES; LEWIS HAMILTON; MONZA;
Lewis Hamilton no fim de semana do GP da Itália de F1 (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Ele [Hamilton] perguntou: ‘Podem me mostrar [as imagens]?’. Dissemos que sim, claro, e então mostramos o replay, inclusive com a câmera do carro dele. E ali estava o painel alertando para os boxes fechados, depois o segundo painel também”, completou.

Connelly ainda comentou que Hamilton fez questão de cobrar o motivo de uma penalização tão dura por algo tão simples durante a corrida. Segundo o comissário, os dez segundos parados nos pits são obrigatórios para casos como o do heptacampeão, pois afetam a segurança dos envolvidos na prova.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

“Hamilton me disse: ‘Ok, eu aceito a punição, mas por que tão dura?’. Explicamos a ele que, infelizmente, é algo obrigatório e não tínhamos outra opção a não ser aplicar essa punição a ele. Não ficou satisfeito, mas aceitou e foi muito educado”, afirmou o comissário.

Ainda no painel que participou, Connelly diz que a Mercedes foi alertada pelo erro cometido com o inglês.

No fim, o GP da Itália foi das zebras. Sem Hamilton na disputa pela vitória após a punição, a conquista foi de Pierre Gasly, com a AlphaTauri, em seu primeiro triunfo na Fórmula 1. Carlos Sainz e Lance Stroll completaram o pódio em Monza.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube