Como sempre assistir à Fórmula 1 ao vivo no Brasil: guia completo

Extensão VPN no navegador permite escolher o servidor de um país autorizado para desbloquear o acesso

O automobilismo é um dos esportes mais amados pelo povo brasileiro: as memórias de corridas clássicas ao vivo na TV ainda marcam uma geração, e a evolução da tecnologia no esporte faz com que até hoje a paixão pela Fórmula 1 se mantenha viva. O problema é que para o fã brasileiro, acompanhar as corridas com a mesma frequência que outros esportes como o futebol no país pode ser um verdadeiro desafio.

Embora existam alternativas como canais de televisão detentores dos direitos de transmissão, como a Band atualmente, muitas vezes há algum conflito que impede o fã de acompanhar as corridas — como o bloqueio que há para os usuários de parabólicas.

É por isso que muita gente busca na tecnologia de streaming, popularizada por serviços como a Netflix, a solução para assistir corridas de Fórmula 1 ao vivo no Brasil.

F1 para o mundo todo: como acessar (Foto: Mercedes)

Como vencer o bloqueio de região

Sempre que pesquisamos por serviços de streaming acabamos esbarrando na técnica de ‘geoblocking’, ou bloqueio regional. Isso acontece porque os serviços de mídia não possuem os direitos de transmissão em todos os países e, por isso, são obrigados a bloquear o acesso de certas regiões.

Mas independentemente de onde se está, basta usar uma extensão VPN no navegador e escolher o servidor de um país autorizado para desbloquear o acesso. Isso funciona para criar contas, acessar conteúdo gravado, ou até mesmo transmissões ao vivo, e não viola os termos de serviço dos sites.

Um exemplo de aplicação imediata deste recurso é o site de streaming oficial da F1. Com o servidor selecionado como Canadá, por exemplo, imediatamente pode-se assistir às corridas ao vivo, selecionar câmeras na pista, acessar rádios das equipes, e assistir a F1, F2, F3 e outros eventos ao vivo.

Max Verstappen (Foto: AFP)

Serviços de streaming para corridas da Fórmula 1

Agora que se sabe como acessar qualquer serviço de streaming, independentemente de qualquer bloqueio regional, é possível selecionar o site que melhor atender às nossas necessidades, bastando realizar o cadastro usando um servidor de um país compatível. Algumas opções boas para amantes da F1 incluem:

ESPN

A gigante da televisão esportiva também disponibiliza serviços de streaming para assinantes, no entanto, apenas usando o serviço dos Estados Unidos teremos acesso às transmissões completas de corridas. Uma vantagem desta escolha é a ampla disponibilidade de aplicativos para assistir: no iPhone, Android, Android TV, Roku TV, Amazon Fire Stick, entre outras media boxes e consoles de videogame.

TSN

Opção canadense extremamente completa para fãs do automobilismo: o serviço conta com recursos especiais como câmeras exclusivas focadas nos principais motoristas, transmissões dos treinamentos, e acompanhamento completo das competições.

Sky Sports

Se você é assinante do serviço de televisão via satélite Sky, é possível acessar a versão americana do Sky Sports e desfrutar de uma cobertura bastante louvável de transmissões esportivas, incluindo a Fórmula 1 e automobilismo em geral. A desvantagem é que não é possível acessar o serviço sem possuir a assinatura da televisão Sky em sua residência.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube