carregando
F1

Como Villeneuve, Schumacher e Frentzen protagonizaram empate triplo histórico na F1

A véspera da decisão do título da F1 em 1997 foi surreal e singular na história do esporte a motor. Jacques Villeneuve, Michael Schumacher e o ‘intruso’ Heinz-Harald Frentzen registraram o mesmo tempo cabalístico na luta pela pole em Jerez de la Frontera. Um feito inesquecível

Grande Prêmio / Redação GP, de Sumaré
A tarde de 25 de outubro de 1997 reservou um momento ímpar na história da F1. O treino classificatório que definiu o grid de largada do GP da Europa, realizado em Jerez de la Frontera, na Espanha, foi palco de uma disputa sem precedentes pela pole da prova que marcava a decisão do título daquela temporada. Michael Schumacher, da Ferrari, e Jacques Villeneuve, da Williams, lutavam pela taça, mas o companheiro de equipe do canadense, Heinz-Harald Frentzen, também reivindicou sua parcela de protagonismo.
 
Foi o dia em que aconteceu o empate triplo inédito até nos milésimos. O dia do 1:21.072 que o GRANDE PRÊMIO conta em detalhes aqui.
 
Aproveite e siga o canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube.
Paddockast #60
OS PIORES PILOTOS DA HISTÓRIA DA F1


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.