Companheiro de Senna na Lotus e vencedor em Le Mans, Dumfries morre aos 62 anos

Johnny Dumfries, membro da realeza escocesa e vencedor nas 24 Horas de Le Mans, morreu aos 62 anos. O motivo da morte não foi divulgado pela família, que pediu privacidade

A Fórmula 1 divulgou uma simulação de volta no mais novo circuito de rua da Fórmula 1, Jidá, na Arábia Saudita (Vídeo: Fórmula 1)

A segunda-feira (22) é de notícia triste para o automobilismo britânico. Johnny Dumfries, ex-piloto de Fórmula 1 e vencedor das 24 Horas de Le Mans, morreu aos 62 anos.

A causa da morte não foi revelada, com a família pedindo privacidade. Em um comunicado, prestaram homenagem ao legado de Johnny: “Ele era um marido, pai, irmão, tio, filho e avô amado por todos. Sentiremos falta do espírito indomável e a energia que Johnny trouxe em sua vida, assim como do afeto e do amor que ele tinha por sua família”.

Johnny é um dos pilotos de trajetória mais curiosas da história da Fórmula 1. O escocês fazia parte da realeza local, tendo o título de Marquês de Bute, região da Escócia. O próprio sobrenome Dumfries era falso, fazendo parte dos planos de esconder a origem real – John Colum Crichton-Stuart era o nome verdadeiro.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Johnny Dumfries morreu aos 62 anos (Foto: Reprodução)

Apesar de vir evidentemente de família abastada, Dumfries também apresentou seu talento nas pistas. O piloto foi campeão da F3 Britânica com sobras em 1984 e, apesar de passagem apagada pela F3000 em 1985, conseguiu vaga na Fórmula 1 em 1986 através da Lotus. O estreante formou dupla com Ayrton Senna, que pediu à escuderia um companheiro disposto a cumprir o papel de segundo piloto. A passagem pelo certame se encerrou após uma única temporada, rendendo 3 pontos e o 13° lugar no Mundial.

Após considerar a aposentadoria já em 1987, Dumfries optou por seguir nas pistas para representar a Jaguar no endurance. Foi lá que o escocês conseguiu o maior sucesso da carreira, vencendo as 24 Horas de Le Mans ao lado de Jan Lammers e Andy Wallace, representando a Jaguar na classe de protótipos. O envolvimento com o endurance seguiu até 1991, quando o piloto parou de competir em alto nível.

GUIA F1 2021
+F1 se prepara para duelo Hamilton x Verstappen em ano pandêmico e incerto
+Mercedes enfrenta revés com carro instável, mas abre temporada favorita
+Verstappen encara perspectiva de briga por título e desafio com Pérez
+Gasly muda de patamar e se mostra pronto para liderar AlphaTauri
+McLaren ganha reforços e mira consolidação no top-3 da Fórmula 1
+Alpine ousa com carro arrojado e mira top-3 no retorno de Alonso

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube